Pelo visto a exoneração do professor da UFPB, Flávio Lúcio do quadro de assessores parlamentares do deputado federal Gervásio Maia (PSB) não foi de comum acordo.

Através de nota, Flávio Lúcio se mostrou bastante chateado e possivelmente surpreso com o ocorrido.

Flávio inclusive, diante de todo o imbróglio envolvendo o PSB, sempre se colocou favorável a Ricardo Coutinho e seus aliados.

Nota:

Informo aos amigos/as que retorno às minhas atribuições na UFPB, reapresentando-me a partir de hoje à instituição. Quem tiver dúvida ou interesse em saber dos motivos de minha exoneração de assessor parlamentar da Câmara dos Deputados, deixo a Gervásio Maia esse trabalho, já que foi exclusivamente dele a decisão de me convidar, assim como foi dele a decisão de me exonerar da função.

De acordo com as informações a nomeação do professor no gabinete de Gervásio teria sido um pedido de Ricardo Coutinho e sua exoneração, decisão do próprio Gervásio.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Socialista sinaliza apoio a pré candidatura de Ana Cláudia, em CG

A posição do Partido Socialista Brasileiro (PSB), nas eleições municipais de Campina Grande, é uma incógnita. O partido que fez oposição a gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSD), dificilmente terá…

Bruno volta convidar socialistas para se filiar e avalia brechas partidárias para desfiliações

Diferente do ex-vereador Zezinho do Botafogo e dos vereadores Tibério Limeira e Léo Bezerra, ambos do PSB que devem migrar neste mês de março para o Cidadania devido a proximidade…