Por pbagora.com.br

Pelo visto a exoneração do professor da UFPB, Flávio Lúcio do quadro de assessores parlamentares do deputado federal Gervásio Maia (PSB) não foi de comum acordo.

Através de nota, Flávio Lúcio se mostrou bastante chateado e possivelmente surpreso com o ocorrido.

Flávio inclusive, diante de todo o imbróglio envolvendo o PSB, sempre se colocou favorável a Ricardo Coutinho e seus aliados.

Nota:

Informo aos amigos/as que retorno às minhas atribuições na UFPB, reapresentando-me a partir de hoje à instituição. Quem tiver dúvida ou interesse em saber dos motivos de minha exoneração de assessor parlamentar da Câmara dos Deputados, deixo a Gervásio Maia esse trabalho, já que foi exclusivamente dele a decisão de me convidar, assim como foi dele a decisão de me exonerar da função.

De acordo com as informações a nomeação do professor no gabinete de Gervásio teria sido um pedido de Ricardo Coutinho e sua exoneração, decisão do próprio Gervásio.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Poço sem fundo: esquema envolvendo presidente do partido de Nilvan é de mais de R$ 45 milhões

Conforme as investigações da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União, que deflagraram na manhã desta quarta-feira (25) a “Operação Poço Sem Fundo” o grupo, que envolve diretamente o…

Presidente do MDB/JP chama de ‘falsas’ noticias que o colocam como alvo da PF

O presidente do diretório do MDB em João Pessoa, Alberto Gomes Batista, emitiu nota onde critica a divulgação de notícias que o colocam como investigado no âmbito da Operação Poço…