Por pbagora.com.br

Após divulgação da lista de políticos citados e, depoimentos de delação premiada de executivos da Odebrecht, o procurador federal Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa, acredita que ‘filhotes’ da Operação Lava Jato devem se espalhar por outros estados. Isso porque os acordos de delação premiada da Odebrecht devem revelar casos de corrupção em vários Estados do país ligados a políticos de diversos partidos.

Dallagnol explica que o Supremo Tribunal Federal (STF), em dois precedentes, entendeu que fatos que não estejam relacionados à Petrobras não devem tramitar em Curitiba-PR, mas em seus Estados. Isso gerou desdobramentos em São Paulo, no Rio de Janeiro e outras operações.

Para o procurador federal, quando o STF tomar essas decisões, deve decidir que os fatos revelados não devem ser todos apurados em Curitiba, mas em vários Estados. Por isso, é natural que aconteça um desdobramento da Lava Jato com “filhotes” por todo o país. Confira!

A decisão do STF pode trazer um desses ‘filhotes’ da Lava Jato para a Paraíba, já que o ex-deputado e atual presidente do Conselho de Administração dos Correios, Inaldo Leitão, teve seu nome citado por executivos da empreiteira Odebrecht. Até o momento, sabe-se apenas o conteúdo de uma, entres as 77 delações, e paraibanos citados em lista, mas que delação ainda não foi divulgada, já demonstram preocupação.

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, homologou as 77 delações feitas por executivos e ex-executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato. Com isso, a Corte deu “sinal verde” para que o conteúdo dos depoimentos seja utilizado nas investigações do MPF (Ministério Público Federal).

 

 

Redação

com Uol

Notícias relacionadas

Opinião: Bancada ‘Cara Pálida’!

O grande e excelente jornalista J. R. Guzzo, diretor editorial da revista Exame e colunista da revista Veja, no dia de hoje deu uma declaração triste sobre a bancada evangélica…

SUSTENTABILIDADE E GARANTIAS SOCIAIS: gestão Cícero inicia preparação de JP para o futuro

O prefeito Cícero Lucena completa 100 dias de gestão neste sábado (10) num processo de reconstituição da cidade de João Pessoa, que enfrenta, assim como todo o mundo, os efeitos…