A Paraíba o tempo todo  |

Processo de cassação contra Luiz Antônio, em Bayeux, é arquivado

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Aconteceu nesta terça-feira (20) na Câmara Municipal de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa, a votação do processo que pedia a cassação do prefeito interino da cidade Luiz Antônio (PSDB).

O gestor era acusado de usar a máquina pública em benefício próprio, após ter sido flagrado em um áudio orientando funcionários da comunicação institucional a atacarem o deputado federal André Amaral (PMDB).

A votação foi finalizada com um cenário de 8 votos a 7, a favor da cassação. No entanto, o número acabou favorecendo o tucano, já que era necessário que pelo menos 12 vereadores optassem por cassá-lo.

O processo agora será arquivado, mas Luiz Antônio ainda tem outro processo em trâmite contra ele, a respeito do vídeo no qual o político foi filmado pedindo R$ 100 mil ao empresário Ramon Acioli, para divulgar um suposto vídeo contra o prefeito afastado de Bayeux Berg Lima, um dia antes de prisão do gestor. 

 

Redação com T5

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe