Caos ignorado: problema na emissão de notas fiscais digital da PMJP pode já ter gerado prejuízo de R$ 10 milhões

O problema na emissão de notas fiscais digital da Prefeitura Municipal de João Pessoa segue sem solução e sem nenhuma explicação oficial por parte da gestão municipal. Todos os dias contribuintes se aglomeram no auditório do Centro Administrativo, no bairro José Américo, para tentar emitir as notas e perdem entre quatro e cinco horas para realizar o procedimento, que antes era feito normalmente, através da internet.

O secretário de finanças, Fábio Guerra, que teria sido o responsável pela mudança no sistema continua no exterior, realizando um curso, enquanto que o secretário adjunto tenta driblar a crise na Secretaria de Finanças.

Informações repassadas ao portal PB Agora, nesta quinta-feira (31), dão conta que o prejuízo para a gestão municipal devido à falha pode já ter chegado a R$ 10 milhões, só de perda na arrecadação do ISS, que é o Imposto Sob Serviço e que conta como recursos próprios da administração.
Em setembro, quando o problema ainda não existia, a arrecadação própria da PMJP foi de R$ 14 milhões, já em outubro, essa arrecadação teria caído para apenas R$ 4 milhões.

O prefeito Luciano Cartaxo até agora também não emitiu nenhum posicionamento e nem anunciou uma decisão para o problema. Nos bastidores, a informação é de que Cartaxo já teria determinado o cancelamento do contrato com a atual empresa que está responsável pela emissão das notas e já estaria estudando o retorno da antiga empresa para tomar de volta às rédeas da situação. Essa informação, no entanto, ainda não foi confirmada oficialmente.

Enquanto o problema não é solucionado, o cenário é auditório lotado, filas, desorganização e falta de informação.

Segundo um contribuiente, ele está sendo obrigado a tirar as guias direto na Secretaria da Receita. “É um descaso total”, declarou.

 

"receita2"

"receita3"

Márcia Dias


PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sem acordo com PMJP, Guarda Municipal deve cruzar os braços

A Guarda Municipal de João Pessoa realizou, nesta quarta-feira (21) uma paralisação em protesto contra a falta de diálogo da administração municipal em relação a negociação salarial, João Pessoa paga…

Em Teresina, João assegura expansão do app ‘Preço da Hora’ para todo o NE

O aplicativo ‘Preço da Hora’, implantado recentemente na Paraíba, será expandido para todos os Estados do Nordeste. A garantia foi dada ao governador João Azevêdo pelos demais gestores da região,…