O primeiro ato do governador José Maranhão (PDDB) logo após assumir o cargo foi exonerar os cargos comissionados de todos os níveis do governo Cássio. O decreto de número 30.225 foi publicado em uma das edições extras do Diário Oficial do Estado, que circulou logo nas primeiras horas desta quinta-feira (19).
O decreto exonera os ocupantes de cargos de provimento em comissão e funções gratificadas da administração direta, alguns deles com remuneração de apenas R$ 100.

Ontem, o governador em exercício, Arthur Cunha Lima (PSDB), se antecipou ao novo governador e assinou decretos exonerando os secretários, diretores de órgãos e assessores diretos de Cássio Cunha Lima (PSDB).

Em seu discurso na Assembléia, Maranhão disse que não faria um governador perseguidor. E que evitaria um caça às bruxas.


PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente da ALPB e líder do Governo atribuem a Cabo Gilberto tática para embargar votações

Em entrevista a imprensa o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado Adriano Galdino e o líder do Governo, deputado Ricardo Barbosa, ambos do PSB, reclamaram da tática utilizada semana…

Léo avalia possibilidade de deixar PSB: “Se quiserem a minha candidatura, estarei pronto. Se não, procuro outro caminho”

A dissolução do diretório municipal do PSB em João Pessoa, do qual a deputada Estela Bezerra é presidente, não foi muito bem avaliada pelos correligionários da Capital. O vereador Léo…