Por pbagora.com.br

Prestes a tomar posse, novo deputado prega manutenção da aliança Cássio e RC e promete defender Governo na AL

 

Prestes a assumir mandato temporário na Assembleia Legislativa da Paraíba, em substituição a deputada Eva Gouveia (PSD), que vai tirar licença de 121 dias para tratamento de saúde, o suplente da coligação PPS/PTN, Monaci Marques esteve na sede da Casa de Epitácio Pessoa nesta quarta-feira (09) para os últimos tramites burocráticos da posse e avisou que vai assumir a cadeira defendendo o Governo RC.

Em entrevista a reportagem do PB Agora, Monaci disse que está completamente afinado com o Governo Ricardo Coutinho e com a base governista e assumirá o posto dando continuidade ao trabalho da deputada Eva Gouveia e defendendo os interesses do povo paraibano.

O suplente, que já exerceu o mandato de prefeito de Vista Serrana e também à presidência da Câmara do município disse que chega ao parlamento estadual com a responsabilidade trabalhar pelos paraibanos, que lhe conferiram a oportunidade da suplência, lhe dando uma votação de quase 13 mil votos em 2010.
“Estarei na bancada de situação porque votei com o governador no primeiro e segundo turnos e fui aliado de primeira hora e não teria porque ser contra Ricardo que, em minha opinião, realiza um grande trabalho pelos paraibanos”, destacou.

""Monaci Marques ainda demonstrou convicção na manutenção do projeto vitorioso de 2010, que foi capitaneado com Cássio e Ricardo Coutinho. Para ele, a dobradinha vai se repetir também em 2014.

“Eu acredito na manutenção da aliança, não tenho duvidas disso, porque todos os dois sabem medir o seu tamanho, por essa razão eu acredito que não há rompimento nenhum, a dobradinha continua”, destacou.

 

Henrique Lima/ Márcia Dias


PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleições 2020: abstenção sobe na capital; urnas têm 121 mil eleitores faltantes

Neste segundo turno nas eleições em João Pessoa foi registrado 121.917 eleitores faltantes. O índice representa 23,34% do eleitorado de 522.269 pessoas aptas a escolherem um candidatos nas urnas. Cícero…

PT não elege prefeito em capitais pela 1ª vez desde a redemocratização

Em 2020, o Partido dos Trabalhadores (PT) não elegeu prefeito em nenhuma das capitais do Brasil pela primeira vez desde a redemocratização. Das 15 cidades em que disputava o 2º…