Por pbagora.com.br

Respondendo a questionamentos da imprensa sobre o início do ano legislativo na Câmara Municipal de João Pessoa, por causa de reforma no plenário, o presidente da CMJP, Marcos Vinícius (PSDB), detalhou os motivos que o levou a retardar o início dos trabalhos. “Eu acredito que nos próximos 15 dias iniciaremos os trabalhos legislativos na CMJP”, disse.

Segundo o presidente, ele não poderia começar a reforma sem orçamento, o que só foi possível, com a publicação do QDD (Questão de Detalhamento de Despesas) pela Prefeitura de João Pessoa, na última sexta-feira (27).

Marcos Vinícius revelou que o espaço para os jornalistas serão ampliados e os serviços de internet, aperfeiçoados. Já no plenário, haverá troca das antigas luminárias. Externamente, o presidente revelou que a pintura do prédio será renovada.

“Nós estamos trocando três ar-condicionados do plenário que estavam queimados e já trocamos todo o cabeamento do WiFi que permitirá aos presentes ter um bom sinal em todos os recantos da Câmara. Estamos dando uma melhorara no gabinete da imprensa. Então são coisas pequenas mais necessárias para que a gente possa voltar ao trabalho”, disse Marcos.

 

Redação

Notícias relacionadas

Adriano, Murilo, Nabor e Hugo discutem recursos para Paraíba e projeções políticas para 2022

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, o prefeito de Patos Nabor Wanderley, o deputado federal Hugo Motta e o secretário de Articulação Política do Estado, Murilo Galdino,…

Câmara aprova substitutivo de Efraim Filho para salvar micro e pequenas empresas

O Congresso Nacional aprovou o substitutivo do deputado Efraim Filho (DEM/PB) ao PLN 2/21, do Poder Executivo, que permitirá mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor. “A expectativa…