Por pbagora.com.br

O presidente do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, criticou o presidente Jair Bolsonaro sobre o que ele tachou de “crimes de responsabilidade” por conta dos milhões supostamente gastos pelo governo federal com aquisições de entre outras coisas leite condensado e chicletes.

A repercussão a cerca do tema vem dividindo opiniões em todo o Brasil e Jackson disse que pior do que os próprios gastos foram as justificativas dadas pelo governo.

“Do ponto de vista administrativo é um absurdo. O Brasil todo foi pego de surpresa com esses gastos do governo e o que é pior do que esses gastos é a nota que o governo solta justificando os gastos, ou seja leite condensado para a tropa militar, chiclete para soldado do exército para fazer higiene bucal, isso é um absurdo que não tem tamanho e mais ainda ao governo erra no ponto de vista administrativo e culpa a imprensa com aquele palavreado que todos nós vimos” disse.

O presidente do PT ainda declarou, durante entrevista à Arapuna FM que o caso, entre outros que ele diz que Bolsonaro vem realizando, é passível de impeachment.

“Então você tem um governo extremamente irresponsável, um governo que enfrenta uma pandemia como a do coronavírus com debate político e ideológico. Motivos nós temos de sobra para um impeachment de Bolsonaro” declarou.

PB Agora

Notícias relacionadas

TCE multa prefeita por nomear sobrinha, a esposa e irmã do vice-prefeito

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou parcialmente procedente denúncia de nepotismo formulada pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Boa Ventura, Cícero Jacinto da Silva, contra a…

Opinião: o clã Cunha Lima está ameaçado e Pedro pode ser a pedra no sapato do grupo

A verdade é crua. Talvez possa ser amenizada com toques de sal. Desidratar é a palavra chave. E se formos ao Egito antigo, uma dinastia passava aos seus posteriores a…