Por pbagora.com.br

O presidente estadual do PT da Paraíba, Jackson Macêdo, classificou o ato e bolsonaristas, realizado neste domingo (19), em apoio ao fim do isolamento social como fanatismo político com pitadas generosas de fascismo.

De acordo com o petista, a história ensina que atos dessa natureza não dão certo. Para ele, a população deve ficar alerta e ouvir às autoridades de saúde no tocante à prevenção contra o coronavírus.

“Uma mistura muito perigosa : religião e fanatismo político com pitadas generosas de fascismo. O passado nos ensina que isso não vai dá certo. Ps. Isso foi hoje (19) em frente ao quartel do exército na principal avenida de João Pessoa em plena pandemia mundial”, postou.

O desabafo foi feito nas redes sociais na tarde deste domingo. Logo após Jackson completou em outra postagem.

“Isso não tá cheirando bem , tá estranho. Tempos mais difficiles estão por chegar”, disse em alusão a um título de uma matéria afirmando que Bolsonaro fez um discurso para os apoiadores de um ato em Brasília em prol da intervenção militar.

Isso não tá cheirando bem , tá estranho. Tempos mais dificies estão por chegar.

Posted by Jackson Macêdo on Sunday, April 19, 2020

https://www.facebook.com/jacksonazevedodemacedo.macedo/videos/1438709282978316/?__tn__=%2CdC-R-R&eid=ARCmndONfOEviKa01K85Mz85oZ5I2nXpNy8w7KSlI6bJ1ZFXRjGsECQJgUtnBz1be1Hgw0K32taCivGm&hc_ref=ARQHThe-S0HUJf1uiCZYLl563koaoDjNvx2flv_S9tsmqJZ4-Dx5WmvuWvJQOHBFRNQ&fref=nf

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Gastos de Walber com locação de veículos daria para comprar seis carros populares em um só ano

Assessoria alega que gastos com locação é direito de todo parlamentar e que valores condizem com preço praticado no mercado O valor de R$ 155.700 desembolsado pelo deputado estadual Walber…

Bolsonaro fará ‘conexão’ em CG nesta semana e levanta tese sobre campanha

Apesar de ter afirmado que não iria apoiar nenhum candidato no primeiro turno das eleições municipais, em nenhum lugar do país, incluindo a Paraíba, o presidente da República, Jair Bolsonaro…