Os posicionamentos quase sempre polêmicos do apresentador Sikêra Júnior sempre causam bastante barulho, sobretudo nas redes sociais.

Desta vez, o comunicador fez referências à ditadura no Brasil, alegando que o país possuía mais liberdade na época do que agora com o advento das redes sociais, onde, segundo ele, tudo que se diz vira polêmica.

“O Brasil tinha mais liberdade na ditadura que agora, porque hoje tudo que a gente fala é recriminado” declarou.

A frase de Sikêra não passou batido para o presidente do PT na Paraíba, Jackson Macêdo que engrossou o tom contra o apresentador.

Jackson disse que Sikêra vive “do ódio, do preconceito às minorias e da espetacularização da violência no país”.

O presidente do PT foi mais além e alegou que com as declarações, Sikêra comprova que “não sabe nada de História do Brasil. Ou seja, um Zé Ninguém” disparou.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo assegura que o Cidadania terá candidaturas majoritárias em 170 cidades paraibanas

O governador João Azevêdo destacou ontem (15) em entrevista a uma emissora de rádio da capital a importância do crescimento do seu partido o Cidadania ao tratar das pré-candidaturas que…

João vê debate precoce sobre junção de forças com Cícero ou Cartaxo em JP: “Não há nenhuma discussão, ainda”

Principal estrela do Cidadania na Paraíba, o governador João Azevêdo voltou a julgar precoce o debate em torno da possibilidade de junção de forças políticas com os grupos encabeçados, seja…