O Diretório Estadual do PPS reuniu-se ontem, sábado (30) no Teatro Ribeira, no Centro de Convenções, de Pernambuco, para debater, entre outros assuntos, que candidato a sigla deverá apoiar para a disputa à Presidência da República no ano que vem.

 

Crítico ferrenho do governo Dilma Rousseff, o presidente nacional do partido e deputado federal Roberto Freire esteve no evento e defendeu que o PPS apoie a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. "Estou assumindo publicamente que vou lutar para o PPS apoiar a candidatura de Eduardo Campos", declarou Freire.

 

O encontro começou por volta das 10h e seguiu até às 15h deste sábado. Os pós-comunistas, entretanto, não chegaram à uma conclusão sobre o assunto. O debate deverá ser retomado no Congresso Nacional do PPS, que acontecerá nos dias 6, 7 e 8 de dezembro, em São Paulo.

 

A reunião serviu também para eleger a nova direção estadual do partido, presidido em Pernambuco por Débora Albuquerque. Entre as lideranças políticas presentes, estiveram o vereador do Recife do PPS, Raul Jungmann; o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes; o deputado federal Raul Henry, do PMDB; e o deputado estadual Betinho Gomes, do PSDB.

 

Diário de Pernambuco

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – ALPB abre os trabalhos em fevereiro com duas bombas: a Fundação PB Saúde e reforma da Previdência

O brasileiro costuma afirmar que o ano só começa após o carnaval. Essa afirmação momesca, no entanto, reside no imaginário coletivo do povo brasileiro, mas, de fato, um novo ciclo…

Presidente do PT retoma agenda ‘Lula Livre’ e deixa defesa a RC em ‘stand by’

Ha pelo menos uma semana o presidente do PT na Paraíba, Jackson Macêdo não faz nenhuma menção à defesa de Ricardo Coutinho nas redes sociais, voltando suas postagens apenas a…