Por pbagora.com.br

O CONCILIADOR: presidente do PMDB considera viável união de Cartaxo, Vené e Aguinaldo no mesmo palanque em prol de Dilma já no 1º turno de 2014

 

O deputado federal Manoel Junior (PMDB), que preside o PMDB em João Pessoa, considerou viável a união das oposições com Luciano Cartaxo (PT), Veneziano Vital (PMDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP), já no primeiro turno das eleições, em um mesmo palanque em prol da reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

O parlamentar assegurou que não medirá esforços para unificar o palanque na Paraíba em torno do palanque de Dilma contra Ricardo Coutinho e o PSB.
Segundo ele, a união das oposições será essencial para uma vitória contra o projeto socialista.

Agindo como um verdadeiro conciliador, Manoel Junior ainda endossou as declarações dadas pelo senador Vital (PMDB), na semana passada, sobre o ministro Aguinaldo Ribeiro também ser um grande nome para a disputa do próximo ano.

“Acho positiva a fala de Vital e até endosso, eu mesmo, há dois anos digo que a unidade das oposições vai ser fundamental para a vitoria já no primeiro turno e o PP, PT, PR, PPS, PEN e o PTB que gravitam na oposição, são parte da base de Dilma, por isso eu subscrevo as palavras de Vital, e digo mais que não só Aguinaldo está preparado para governar o estado como também está apto para qualquer cargo. Ele já demonstrou isso, ele é um dos grande quadros da Paraíba”, destacou.

""
O parlamentar também se comprometeu a se engajar para que a união das oposições aconteça já no primeiro turno.
“Vou lutar com todas as minhas forças para que tenhamos unidade já no primeiro turno e sem dúvida nenhuma essa unidade redundará na nossa vitoria”, asseverou.

Quando questionado se Veneziano poderia abrir mão da cabeça de chapa, Manoel Junior surpreendeu e deixou uma possibilidade no ar.

“Eu acho , na nossa impressão, muita coisa pode acontecer até as eleições, sabemos que o palanque de Dilma e a unidade é extremamente importante”, disse.
Indagado se o nome poderia ser o de Aguinaldo, Manoel Junior mais uma vez mostrou desprendimento.

“Aguinaldo é um dos nomes e mesmo como Vital falou no fim de semana, não só ele como também Wellington Roberto, Luciano Agra, Ricardo Marcelo, Nonato Bandeira, Lucelio e Luciano Cartaxo, entre tantos outros nome do PT e das demais legendas, todos são figuras importantes nesse arranjo eleitoral e político”, enfatizou.

Apesar de comandar a sigla na Capital, o parlamentar deixou claro que suas declarações são apenas em nome dele e não em nome da executiva estadual, já que não tem autorização da mesma para fazê-lo.

“Eu só digo que esse é o sentimento da grande maioria do PMDB”, finalizou.

 ""

Com informações de Henrique Lima


PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Efraim Filho destaca crescimento do Democratas nas eleições de 2020

O líder do Democratas (DEM) na Câmara, deputado Efraim Filho, tem motivos para comemorar o resultado das eleições na Paraíba e no Brasil. Na Paraíba foram 25 prefeitos (as), 23…

Análise – Gilvan Freire: Cássio traiu Cícero várias vezes e, junto com Aécio, tomou dele o PSDB

Numa entrevista reveladora, concedida ao programa Bastidores – ancorado na TV Master pelo jornalista Padre Albeni -, o ex-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gilvan Freire, contou como Cássio Cunha…