Por pbagora.com.br

Abastecer o veículo com gasolina, álcool ou diesel em João Pessoa continua sendo um sofrimento para os donos de veículos. O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro), Omar Hamad, disse ontem que o prejuízo para os donos de postos é incalculável, mas pelo menos 10% ou 15% dos postos da Paraíba estão recebendo combustível em ritmo de rodízio, mas em pequenas quantidades.

 

Ele disse que por dia, cada um recebe um pouco e que enquanto durar o protesto dos caminhoneiros o atendimento para os consumidores continuará precário com as pessoas tendo que enfrentar longas filas para abastecer seus veículos. Omar informou que se o movimento persistir, vai começar a faltar também água mineral.

 

Na tentativa de ajudar quem está sem combustível, os usuários estão divulgando uma lista diária dos postos que estão vendendo combustíveis na Grande João Pessoa. Atualmente segundo informações, dos internautas os valores da gasolina estão oscilando entre R$ 4,39 a R$ 4,49.

 

 

Redação