Por pbagora.com.br

Apesar de a oposição classificar como “clandestina” a sessão de votação da Lei Orçamentária Anual da prefeitura de João Pessoa, alegando, até mesmo, que seus assessores foram impedidos de assistir à votação, o presidente da Câmara, Marcos Vinícius (PSDB) desmentiu, e assegurou que todos os parlamentares foram convocados.

Segundo Marcos, a convocação foi publicada no Diário Eletrônico e todos os gabinetes foram notificados.  

Já o vereador Bruno Farias (PPS), líder da oposição, garante que a oposição não foi notificada.

Nesta quinta-feira (28), mesmo com o início do recesso, os vereadores da oposição compareceram à sede para voltar a reclamar do que classificam como “sessão clandestina”.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Casos de Covid-19 em CG aumentam 130% em uma semana, aponta pesquisa

Nesta segunda-feira, 23, o professor Josenildo Brito de Oliveira, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), publicou mais um relatório de pesquisa sobre o trabalho que analisa os número da…

Veja agenda dos candidatos a prefeito de João Pessoa nesta quarta-feira

Na reta final do segundo turno, os dois candidatos a prefeito de João Pessoa, intensificam os compromissos de campanha. Debates, entrevistas, reuniões, caminhadas e encontros marcam a agenda dos prefeitáveis.…