Por pbagora.com.br

Após abrir oficialmente os trabalhos na Câmara Municipal de Campina Grande, a presidente da Casa, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), afirmou que a eleição do 2º bimestre não é prioridade. O vereador Marinaldo Cardoso ( PRB), está cotado para comandar a Casa nos dois últimos anos da legislatura atual.

Essa semana Marinaldo Cardoso revelou estar esperançoso na sua eleição para presidir o Legislativo campinense no 2º biênio da atual legislatura – 2019/2020. Ele disse que Ivonete deve chamar os vereadores para tratar do assunto.

Indagada sobre a possibilidade de apresentar projeto na Casa que tenha o objetivo de não permitir a reeleição do vereador que ocupe o cargo de presidente da Câmara campinense, Ivonete declarou que essas questões não são prioridades.

– Estamos preocupados hoje com as demandas mais importantes. Acredito que essa questão de eleição de Câmara, de quem é votado e de quem não é votado, não é prioridade para Mesa Diretora – enfatizou.

Ivonete Ludgério também declarou que mudanças na Casa Félix Araújo foram iniciadas no dia 1º de janeiro quando estabeleceu que parlamentares teriam igualdade em termo de espaço para debates e que não trabalharia com a figura do presidente como destaque.

Segundo a vereadora, os desafios é manter a estrutura da Câmara com igualde e compromisso com Campina Grande.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Em 20 dias de mandato, Léo Gadelha já apresentou 16 proposituras na Câmara

O deputado federal Leonardo Gadelha, do PSC, tomou posse no mandato na Câmara em 31 de março  e em apenas 20 dias de mandato já protocolou 16 propostas legislativas. A…

Covid: projeto para impedir fraude na aplicação de vacina em JP passa na CCJ

CCJ é favorável a projeto que prevê demonstração do procedimento de aplicação da vacina contra Covid-19 ao paciente Os profissionais de saúde pública, que estejam diretamente envolvidos no processo de…