A Paraíba o tempo todo  |

Presidência do Senado: “Se Lula fosse senador, votaria em mim”, diz Tião Viana (PT)

O senador Tião Viana (PT-AC), candidato à presidência do Senado contra José Sarney (PMDB-AP), voltou a afirmar neste domingo contar com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, apesar de oficialmente o Palácio do Planalto manter a postura de neutralidade diante do embate entre PT e PMDB, partidos da base aliada, pelo mesmo cargo.

O senador Tião Viana (PT-AC), candidato à presidência do Senado contra José Sarney (PMDB-AP), voltou a afirmar neste domingo contar com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, apesar de oficialmente o Palácio do Planalto manter a postura de neutralidade diante do embate entre PT e PMDB, partidos da base aliada, pelo mesmo cargo.

“Acho que se ele (Lula) fosse senador, votaria em mim. Não sendo, optou pela neutralidade”, comentou Viana após reunião no Congresso com parlamentares que apóiam sua candidatura.

Contando com 43 votos, dois acima do mínimo necessário para ser eleito, o petista afirmou que, se vencer a disputa pelo controle da Mesa Diretora do Senado, buscará pacificar os ânimos dos parlamentares e unificar as posições das legendas por um projeto em comum.

“Não haverá qualquer atitude do vencedor a não ser a de pacificação da Casa. Os partidos têm muita maturidade, superam rapidamente. Não vejo a possibilidade de ressacas demoradas do ponto de vista político”, minimizou Tião Viana.

Redação Terra

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe