Por pbagora.com.br

A Paraíba foi destaque na entrega do Prêmio Legislador 2008, entregue ontem durante solenidade no Congresso Nacional, em Brasília. Cinco dos 26 deputados estaduais de todo o Brasil premiados atuam na Assembléia Legislativa da Paraíba, representando, proporcionalmente, a maior bancada premiada entre os estados.

Entre os agraciados, os deputados estaduais Lindolfo Pires (DEM), Dunga Júnior (PTB), Aguinaldo Ribeiro (PP), João Gonçalves (PSDB) e Ricardo Barbosa (PSDB), além do senador Cícero Lucena (PSDB). O senador foi escolhido através da iniciativa do Projeto de Lei de sua autoria que tem como objetivo, a distribuição gratuita do uniforme escolar completo aos alunos da rede pública de ensino.
 

O prêmio é conferido pelo Instituto de Estudos Legislativos Brasileiro (Idelb), outorgado a parlamentares de todo o Brasil que se destacam por apresentar projetos de alcance social. Além de 26 deputados estaduais, 62 senadores, o Instituto premiou deputados federais e vereadores de todo o Brasil.

“Para mim foi uma das melhores provas de que o trabalho do parlamentar, apesar de tantas dificuldades, pode ser reconhecido como instrumento para melhorar a vida da população, contribuindo, junto com os representantes dos demais poderes, para o fortalecimento da atividade pública neste país”, declarou Ricardo Barbosa, um dos deputados paraibanos premiados.

Barbosa recebeu o prêmio por ter apresentado projeto de lei 948/2008, que dispõe sobre a instituição do selo “Empresa Inclusiva” para aquelas instituições que adotem iniciativas que favoreçam a integração de portadores de deficiência física em seus quadros.

O projeto foi sancionado e virou a Lei Estadual 8.658.

Para o deputado Aguinaldo Ribeiro, o prêmio coroa o trabalho do parlamentar. “Justifica nosso trabalho que, pela natureza, é árduo e mostra que não é apenas o Poder Executivo que é capaz de mudar a vida das pessoas”, declarou Aguinaldo, autor de projeto que institui a obrigatoriedade de convocação de aprovados em concurso público feito no âmbito do poder público estadual na Paraíba.

Lindolfo Pires chamou a atenção do Conselho Superior do Centro de Estudos Estratégicos Legislativos por sua proposta de estabelecer obrigatoriedade na colocação de cartazes indicativos do prazo de validade de quaisquer produtos em promoção no comércio da Paraíba.

Já Dunga Júnior foi escolhido como um dos destaques pela entidade por ter apresentado o projeto que obriga as escolas estaduais a realizarem exames médicos nos alunos durante o primeiro e segundo semestre do ano, com o objetivo de detectar patologias.


PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy diz que “turma ligada à Calvário” tem dois candidatos à PMJP

“A turma ligada ao esquema da Operação Calvário tem dois candidatos a prefeito em João Pessoa”, alerta Ruy Um alerta para que os eleitores avaliem, além das propostas, a trajetória…

Vice de Bolinha culpa desorganização da PMCG por indeferimento do registro

A candidata a vice-prefeita de Campina Grande na chapa de Artur Bolinha (PSL), Annelise Meneguesso (PSL), culpou, durante entrevista à Rádio Caturité FM nesta quarta-feira (28), a Secretaria de Saúde…