A Paraíba o tempo todo  |

Prefeitura de Cuitegi é investigada após amigo do prefeito e pai de secretária furarem fila da vacinação

Geraldo Serafim, prefeito de Cuitegi
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A 4ª Promotoria de Justiça de Guarabira, através da promotora Andréa Bezerra Pequeno de Alustau, abriu inquérito civil para apurar a denúncia de que duas pessoas ligadas à gestão do prefeito de Cuitegi, Geraldo Serafim, teriam furado a fila da vacinação contra a covid-19.

De acordo com a promotora, a notícia de fato aponta que o sr. Genival Martins do Nascimento, que é pai do servidor Gutemberg Braz Martins e amigo do prefeito e o sr. Ivo Roseno de Lima, pai da secretária de Saúde Isis Emanuelle, “teriam fraudado a lista de prioridade para recebimento de vacina contra covid-19”.

A Secretaria de Saúde de Cuitegi recebeu o prazo de 48h para remeter a lista de vacinados contra a covid-19 no período de 5 a 8 de abril deste ano.

Em resposta à notícia de fato, a Prefeitura alegou que foram vacinadas seis pessoas abaixo da faixa etária de 65 anos, que era a prioridade na ocasião, porque o frasco “já havia sido aberto e as doses precisavam ser aplicadas”.

Confira o documento:

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe