A Prefeitura Municipal de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, informou sexta-feira (21) que vai solicitar a interdição das obras de drenagem das galerias pluviais da BR-230, nos trechos do quilômetro zero ao quilômetro 2, até a entrada da Rua José Castor da Sena, sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit). De acordo com o comunicado, o pedido da Defesa Civil e da Secretaria de Meio Ambiental se baseia em irregularidades na execução da obra, cuja manutenção poderá causar inundações, enxurradas e alagamentos nos bairros adjacentes.

 

Na nota distribuída à imprensa, a Prefeitura Municipal de Cabedelo alegou preocupação com o impactos tanto ambiental como social e econômico, principalmente nos períodos chuvosos, prejudicando toda rede de drenagem do município.

 

Na solicitação, o governo municipal disse que o projeto “não está levando em consideração as contribuições das bacias que desaguam no sistema de drenagem situado às margens da BR-230, a exemplo do ocorrido com a galeria na Rua Isaias da Silva Oliveira, no Jardim Brasília, sem adequação com as nossas conexões e sistema de galerias pluviais já existentes”. O ofício ainda aponta que “a obra não possui licença ambiental e não cumpre o objetivo e características dispostos no manual de drenagem do próprio Dnit”.

 

Posição do Dnit – O supervisor da Unidade Local do Dnit em Santa Rita, Rainer Branco, que é responsável pela execução da obra, disse que havia um engano da Prefeitura ao alegar que não existe projeto para a obra. Disse ainda que, no trecho citado, ainda não está acontecendo nenhuma obra, o que está previsto, talvez, para o final de 2019

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bruno afirma ter apoio de vereadores de Romero para disputar PMCG

Prestes a se encontrar com o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), para discutir a sucessão municipal de 2020, o ex-deputado Bruno Cunha Lima, e atual secretário-chefe do Gabinete do…

Lucélio Cartaxo assume presidência do PV em João Pessoa

O Partido Verde (PV) anunciou um novo nome para a presidência do diretório de João Pessoa: Lucélio Cartaxo. Secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Lucélio alcançou…