A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) emitiu em nome dos 223 prefeitos paraibanos carta de repúdio ao presidente da República, Jair Bolsonaro, pelo seu pronunciamento última terça-feira (24), em rede nacional, diminuindo a gravidade da pandemia do coronavírus e orientando as pessoas a voltarem à vida normal. Eles classificaram como irresponsáveis as declarações e pediram para que a população siga as orientações das autoridades em saúde e sanitárias, ficando em casa.

 Veja:

Carta de repúdio ao presidente da República Jair Bolsonaro

Os prefeitos paraibanos, representados pela Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), repudiam o pronunciamento feito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em rede nacional, que tratou de gripezinha uma pandemia que já matou 18.715 pessoas no mundo e ainda convocou a população a voltar à vida normal.

Em um momento de grande crise, onde vivenciamos um problema de saúde pública e que fez com que a nossa economia parasse, precisamos de um presidente que aja com responsabilidade e se porte como estadista. Ideologias baseadas em entendimento próprio e colocar em primeiro plano o lucro, em detrimento à vida de cidadãos, só nos faz crer que estamos diante de uma política genocida.

Repudiamos as declarações e pedimos que a população desconsidere as insanidades ditas pelo nosso presidente. Estamos na ponta, sentimos na pele a real situação da população, vivenciamos tudo, sofremos junto e sabemos que nosso sistema de saúde não aguenta e não tem capacidade para atender tantas pessoas.

Nossa expectativa era de anúncio em rede nacional com medidas concretas para a saúde pública. Aguardávamos o reconhecimento e o agradecimento aos profissionais da saúde que estão arriscando as suas vidas e trabalhando à exaustão. Queríamos ouvir soluções para matar a fome da população, medidas para salvar a nossa economia. Esperávamos de um presidente uma postura séria e a preocupação com a vida das pessoas.

Não somos irresponsáveis, fomos eleitos para defender os interesses e gerir os municípios paraibanos. Na falta de um líder nacional, lideramos. Pedimos à população que siga as orientações das autoridades em saúde e sanitárias, que são baseadas em evidências científicas. Juntos podemos mudar essa realidade. Todas as vidas são importantes para nós, por isso, respeitem a quarentena e fiquem em casa. O coronavírus é um problema seríssimo, que pode matar muitas pessoas em nosso País!

 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

No Senado, Veneziano já conseguiu recursos para 193 municípios

Em menos de um ano e três meses de mandato no Senado Federal, representado a Paraíba, o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) já conseguiu viabilizar recursos para 193, dos…

Eleições 2020: além de Luiz Couto, PT sonda Anísio Maia para liderar chapa em JP

Apesar da pandemia do coronavírus, as articulações em torno das eleições municipais continuam nos bastidores. No partido dos Trabalhadores, o PT, além da sondagem em torno do nome do ex-deputado…