Por pbagora.com.br

O prefeito de Esperança, Nobson Pedro de Almeida, foi condenado pela Justiça Federal em sentença prolatada pelo juiz da 6ª Vara Federal, Gustavo de Paiva Gadelha.

Na decisão, o magistrado determinou 7 anos de detenção nos crimes previstos nos artigos 89 e 90 da Lei 8.666/93 e no Decreto Lei 201/67 que tratam das práticas de fraude em licitação, apropriação e desvio de bens e rendas públicas, entre outros.

A decisão tomou como base denúncia do Ministério Público Federal, em 2016, pelo suposto cometimento de infrações penais relacionadas a fraudes licitatórias e desvio de recursos na execução do Convênio n. 1345/2009, firmado entre o Município de Esperança e o Ministério do Turismo.

O programa NA HORA CERTA, rádio BAN FM, em Esperança, divulgou com exclusividade a informação e aguarda manifestação do prefeito e de sua defesa sobre quais medidas serão adotadas a partir de agora.

VEJA SENTENÇA NA ÍNTEGRA NO LINK ABAIXO:

https://pje.jfpb.jus.br/pjeconsulta/ConsultaPublica/DetalheProcessoConsultaPublica/documentoSemLoginHTML.seam?idProcessoDocumento=65e9881367eea7c21ec641a43eb9bd34

Redação com Na Hora Certa

Notícias relacionadas

Governo da PB notifica servidores por acúmulo de cargos

Cinco servidores do Estado da Paraíba foram notificados pelo acúmulo ilegal de cargos e têm o prazo de cinco dias para apresentar opção pelo vínculo empregatício legalmente permitido. A notificação…

“A fotografia não é só o meu trabalho, é a minha vida”, diz fotógrafo de Lula

Há 50 anos, o fotógrafo Roberto Stuckert, 66, chegava a Brasília para cobrir a construção e a inauguração da capital federal. Anos mais tarde, já com residência fixa na cidade,…