Por pbagora.com.br

O prefeito de Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba, médico Tales Torricelli (PSDB), abriu mão integralmente do salário, que hoje é de R$ 15 mil, mas que vai aumentar para R$ 18 mil por mês por decisão anterior à atual gestão. Ao final dos quatro anos de mandato, os R$ 828 mil economizados serão investidos na educação, uma das prioridades da nova administração municipal.

“Todo esse dinheiro, que eu iria receber durante meus quatro anos de governo, será destinado a estudantes universitários, de cursos técnicos e de preparatórios para vestibular, como pagamento de bolsas, viabilização de transporte gratuito e o que mais estiver ao meu alcance para estimular a educação aqui em Brejo do Cruz. A prefeitura deve retornar o dinheiro de impostos para quem os paga, e não ser usado em interesse próprio”, disse o prefeito, que continua trabalhando como médico concursado.

Segundo Tales, a renúncia do salário e outras medidas de contenção de gastos são importantes para a economia do município e para o que pretende implementar em sua gestão. “Estou estudando mais medidas de cortes de gastos que possam ser investidos em saúde, emprego e infraestrutura. É o que realmente faz a diferença na vida das pessoas”, reforçou o prefeito.

PB Agora

Notícias relacionadas

Cícero diz que não recebeu planejamento ou identificação de áreas alagadas de JP

Durante entrevista à Rádio Arapuan FM, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas) detalhou a força-tarefa que está sendo realizada por secretarias para dirimir os efeitos das fortes chuvas…

Viúva de Zé Maranhão reforça afeto com senador Veneziano e família

Por meio das redes sociais do ex-governador e ex-senador José Maranhão, vítima dos efeitos da Covid-19, sua esposa a desembargadora Fátima Bezerra Maranhão, postou um artigo, onde detalha os sentimentos…