A prefeita do município de Conde, no Litoral Sul da Paraíba, também foi beneficiada com a decisão do habeas corpus concedido pelo ministro do Supremo Tribunal de Justiça Napoleão Nines Maia. A gestora foi alvo de mandado de prisão preventiva no âmbito da Operação Calvário.

A decisão pela soltura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) também serviram como argumento para por em liberdade a prefeita.

Após audiência de custódia, Márcia Lucena foi encaminhada à penitenciária feminina Júlia Maranhão.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: Bolsonaro pratica a “política” da morte enquanto o mundo luta pela vida

Aliados e até mesmo auxiliares próximos de Jair Bolsonaro estão em alerta absoluto com o impacto negativo e catastrófico causado pelo presidente em toda malha social do país. Até mesmo…

PL proíbe corte de água, energia e despejo por falta de pagamento durante pandemia

Visando estimular trabalhadores paraibanos a não saírem de casa e, desta maneira, reduzirem as chances de contraírem o covid-19, o deputado Wilson Filho (PTB) protocolou projeto de lei que determina…