Por pbagora.com.br

Pré-candidata ao Governo da Paraíba, Lígia Feliciano (PDT) conclamou a união da base governista para evitar o que ela chamou de “retrocessos” no estado.

 

“Em 2014, eu e o atual governador unimos forças e fomos eleitos juntos para o Governo da Paraíba”,  lembrou a vice-governadora. “Essa união obteve quase um milhão, cento e vinte seis mil votos”, contou.

 

Segundo Lígia, foram “essas paraibanas e esses paraibanos que – somados –possibilitaram a atual gestão”.

 

A vice-governadora afirmou que as forças da continuidade precisam “ampliar esse apoio ao máximo, trazendo todos que querem o bem da Paraíba para participar dessa ideia”.

 

Lígia tem defendido o atual Governo da Paraíba como “uma ideia” que hoje não “pertence  a nenhum cacique, mas ao povo”.

 

Embora o governador Ricardo Coutinho tenha lançado a pré-candidatura de João Azevedo,  Lígia tem viajado por todo estado se apresentado como pré-candidata da continuidade.

 

As declarações de Lígia foram divulgadas por meio de um vídeo postado no Facebook e no Instagram neste domingo.

 

Notícias relacionadas

Opinião: leal, Cícero garante apoio à reeleição de Azevêdo enquanto a oposição “vive” a dúvida

A lealdade é um dos pilares que sustentam o real valor do homem. Baseado em tal fato, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), confirmou seu apoio à reeleição…

Após reunião, Raniery diz que prefeitos do MDB buscam estreitar laços com João

Nesta segunda-feira (10), o vice-líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Raniery Paulino, (MDB) detalhou os pontos debatidos durante a reunião que ocorreu entre parte da Executiva Estadual…