O PP e o PROS formalizaram hoje (6) a criação de um bloco partidário na Câmara dos Deputados. Batizado de Agenda Programática, o novo bloco terá a terceira maior bancada da Câmara, com 63 deputados, ficando atrás apenas do PT, que tem 88 representantes, e do PMDB, que tem 76.

O bloco terá como líder o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), atuará na base do governo e defenderá 11 pontos. Entre eles, estão a reforma tributária, "capaz de coibir a evasão, a corrupção fiscal, a sonegação", a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), a questão da mobilidade urbana e uma nova política sobre drogas, conforme diz a carta de apresentação da Agenda Programática.

"Esse bloco irá contribuir muito com debates importantes para o Brasil, para que se possa trazer a sociedade brasileira para a Câmara dos Deputados ", disse Eduardo da Fonte. De acordo com o deputado, a principal missão do bloco será "dar governabilidade à presidenta Dilma Rousseff".

A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, que participou do lançamento do bloco, elogiou a iniciativa. Segundo Ideli, o importante é o compromisso com os temas relevantes para o país. "Não teremos problemas quando tivermos divergências, desde que tenhamos responsabilidade para com o povo brasileiro", disse a ministra.

O novo bloco não garante o aumento de representação das siglas nas comissões da Câmara, nem possibilita o aumento de cargos.

 

Agência Brasil

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após Dra. Paula, mais um oposicionista deve tirar licença na Assembleia

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba deve registrar mais uma alteração, após a o pedido de licença da deputada Dra. Paula (PP). Quem deve afastar-se da Casa…

Lucélio Cartaxo assume presidência do PV em João Pessoa

O Partido Verde (PV) anunciou um novo nome para a presidência do diretório de João Pessoa: Lucélio Cartaxo. Secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Lucélio alcançou…