O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) fez um discurso pedindo que o partido se reconecte com as ruas, durante sua participação na convenção nacional da sigla, neste sábado (9), em Brasília. 

FHC, que manifestou apoio ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, eleito no evento dirigente nacional da legenda, disse que a classe política passa por uma fase de descrédito e que o PSDB precisa recuperar seu papel histórico. 

“O povo está enojado, irritado com todos nós. O povo sente como se fosse uma grande traição nacional”, afirmou o ex-presidente. 

O tucano falou que as estruturas partidárias ficaram envelhecidas e que esse cenário se repete em outros países. “Nós temos que nos reconectar com a vida. É preciso enfrentar os temas tais como eles são.”

Reiterando declarações feitas nesta semana em entrevista à Folha, FHC disse que “as pessoas querem coisas simples e diretas”. Desejam, segundo ele, “decência, emprego, educação, saúde, transporte e segurança”. 

Na visão do ex-presidente, Alckmin é alguém com esse perfil e pode sair vitorioso por ter capacidade de “formar maioria”. 

“Nós chegamos a um ponto tal no Brasil que a desordem está insuportável. E a desordem afeta o povo, as pessoas mais simples. O povo enfrenta o crime organizado, a corrupção que tomou conta de boa parte da política brasileira”, exemplificou. 

“Eu sei que há classes sociais, há ricos, há pobres. Mas a segurança, a saúde, a educação afetam a todos. O povo quer melhorar completamente a sua vida. E nós temos que ter palavras diretas para falar ao povo o que nós acreditamos.” 

 

Gazeta do Povo

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…

Novo prefeito de Patos diz que vai diminuir distância com o legislativo e que não vai ‘abrir caixa preta’ da gestão anterior

O comando da gestão municipal da morada do sol – Patos, Sertão Paraibano – voltou às mãos de um profissional da saúde. Depois do médico Dinaldinho Wanderley (PSDB), que está…