A possível posse da primeira suplente de deputada federal, Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), na Câmara dos Deputados, será definida apenas em 2020. Isso acontece porque oficialmente o parlamento federal entrou em recesso a partir desta segunda-feira (23) e a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) para afastar o deputado federal Wilson Santiago do cargo será apreciada pela Casa Legislativa apenas dia 3 de fevereiro de 2020, data prevista para retorno dos parlamentas a Casa.

Em 2017, o judiciário deu ao Legislativo a palavra final sobre a suspensão do mandato, prisão ou soltura de parlamentares pelo Judiciário.

Na Paraíba, esse entendimento foi seguido pelo desembargador Ricardo Vital ao determinar a soltura da deputada estadual Estela Bezerra na semana passada.

Ana Cláudia ainda não se manifestou sobre a possibilidade de assumir o mandato.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: radicais petistas e bolsonaristas repetem a história de conflitos armados para legitimar seus discursos

A tarde findou, e com ela a incerteza do que poderia escrever nesta coluna. Assuntos mil; todos relativos à pandemia causada pelo novo coronavírus estavam (e estão) ao meu dispor.…

Opinião: A pandemia é uma questão de saúde pública. Mas é difícil não politizar o assunto. Afinal…

Um dos aspectos mais negativos da pandemia que se abate sobre o mundo, com a proliferação do novo coronavirus é a conotação político-partidária que se dá à discussão sobre tão…