Não deverá ser dessa vez que o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, passará as festas natalinas novamente como prefeito em exercício da cidade. É que a decisão do Superior Tribunal de Justiça diz respeito apenas a ação penal contra Berg,  não fazendo referência à ação civil pública em que ele foi condenado por ação de improbidade administrativa.

Documento expedido pelo juiz da 4ª Vara Mista de Bayeux, Francisco Antunes Batista, informa que Berg Lima tem confirmada sentença condenando-o ao afastamento do cargo.

O ofício da 4ª Vara é uma resposta a consulta feita pela Câmara Municipal de Bayeux, a quem competiria dar posse a Berg Lima.

VEJA O DOCUMENTO

""

""


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: a aliança do PRTB e PSL põe Eduardo Carneiro definitivamente na “busca” pela prefeitura de João Pessoa

O jornalista e teatrólogo Nelson Rodrigues ficou conhecido por suas obras. Isso é fato. Mas suas frases de efeito o eternizaram. Uma delas diz que “Ser bonita não interessa. Seja…

Aprovado projeto que pede linha de crédito para artistas e transportadores de turismo e escolares

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na última quarta-feira (1º), indicações do deputado Eduardo Carneiro (PRTB) para criação de linha de crédito para setores da cultura e também para…