Por pbagora.com.br

O Portal Terra – PB: em debate, candidatos atacam Coutinho e José Maranhão

O governador José Maranhão (PMDB), candidato à reeleição, chega para participar do debate na noite desta quinta-feira (19)
 

O debate promovido pela TV Clube , afiliada da Band na Paraíba, contou com a presença dos seis candidatos a governador da Paraíba. Durante o evento, realizado na noite desta quinta-feira (19), em João Pessoa, não faltaram críticas ao ex-prefeito da capital, Ricardo Coutinho (PSB), e ao governador José Maranhão (PMDB). Os dois são os candidatos mais lembrados nas últimas pesquisas.

O atual governador, José Maranhão, começou a ser atacando por Nelson Júnior (PSOL). Nelson disse que a área da Educação não serve apenas para colocar cabos eleitorais como, segundo ele, o atual governador vem fazendo e cobrou realização de concurso público para a área. Ele ainda pediu o reconhecimento da autonomia financeira da Universidade Estadual da Paraíba por parte do governador.

Ricardo Coutinho acusou Maranhão de não ter construído uma única casa em 17 meses de governo. "O senhor entregou casas construídas no governo anterior que só faltavam portas e janelas. O Estado não tem política de habitação, porque o senhor preferiu investir milhões em propaganda", destacou.

No terceiro bloco, os candidatos Nelson Júnior, Lourdes Sarmento (PCO) e Marcelino Rodrigues direcionaram as críticas ao ex-prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB). Lourdes o acusou de discriminar pobres e negros ao afirmar que quer a polícia na rua para acabar com a criminalidade.

Marcelino afirmou que quando prefeito Ricardo teria inchado a máquina com prestadores de serviços. Já Nelson Júnior o acusou de pertencer a oligarquias políticas e de não representar o povo da Paraíba. "Ricardo Coutinho faz o papel de genérico dos Cunha Lima", destacou, se reportando ao fato de Ricardo ter se aliado ao ex-governador, Cássio Cunha Lima (PSDB), que pertence a uma família tradicional da política paraibana.

Ricardo x Maranhão
O primeiro confronto direto entre Ricardo Coutinho e José Maranhão só aconteceu no penúltimo bloco do debate. Os temas que marcaram o confronto entre os principais candidatos foi fidelidade ao presidente Lula (PT) e o combate às drogas.

Ricardo destacou que o governador faz questão de dizer que sempre esteve ao lado de Lula e perguntou em quem ele votou em 1994 e em 1998. Em sua resposta, o atual governador se atrapalhou quanto às datas e disse que em 1994 apoiou Ulisses Guimarães no primeiro turno, mas votou em Lula no segundo. O candidato à reeleição garantiu que em 1998 votou em Lula no primeiro e no segundo turno. Ricardo disse que a resposta do peemedebista não era a realidade. "Acho que ele confundiu", ironizou. Para depois afirmar que em 1998 Maranhão votou em Fernando Henrique Cardoso (PSDB). "Não é verdade que o senhor sempre esteve ao lado de Lula", destacou.

José Maranhão pareceu nervoso com o comentário e disse que sempre esteve ao lado de Lula e que o presidente sempre destaca isso. "Você me conhece e eu te conheço também e você sabe que eu não sou homem de mentira", disse. Logo depois, O governador perguntou a Ricardo qual era a proposta dele para o problema das drogas caso chegasse ao governo do Estado. Ele aproveitou o espaço para dizer que na prefeitura de João Pessoa o conselho antidrogas nunca funcionou, ao contrário do que aconteceu com o Estado.

Ricardo Coutinho disse que drogas é um tema extremamente importante e afirmou que como o Estado não chama para si a responsabilidade de punir os traficantes de tratar os dependentes, como gestor deve que assumir essa responsabilidade. Garantiu que o conselho funciona na capital.

 

Porta da Band

Candidatos falam sobre programas de governo em debate na Paraíba
 

O debate entre os candidatos ao governo da Paraíba, transmitido na noite dessa quinta-feira pela TV Clube, afiliada da Band, foi polarizado pelos dois primeiros colocados nas pesquisas de intenção de voto, José Maranhão (PMDB) e Ricardo Coutinho (PSB), segundo o jornal “O Norte”.

O evento, mediado pelo jornalista Napoleão de Castro, reuniu ainda Nelson Junior (PSOL), Francisco Oliveira (PCB), Lourdes Sarmento (PCO) e Marcelino Rodrigues (PSTU).

No embate, os participantes falaram sobre seus planos de governo. Candidato à reeleição, Maranhão defendeu a continuidade das ações no setor da saúde, anunciando investimentos de R$ 100 milhões na rede pública. Já Ricardo Coutinho prometeu que, se eleito, promoverá ações integradas das polícias e dos bombeiros no Estado.

Em sua fala, Marcelino Rodrigues defendeu o emprego informal para sobrevivência de setores da sociedade menos favorecidos. A candidata do PCO, Lourdes Sarmento, criticou as taxas cobradas no Estado para fornecimento de água e coleta de esgoto.

A proposta de Nelson Júnior foi voltada para a educação, declarando que pretende investir 30% da arrecadação estadual no setor. O concorrente do PCB, Francisco Oliveira, disse que promoverá políticas públicas voltadas para as mulheres.
 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jovem é preso com drogas, balança de precisão e dinheiro do tráfico em Santa Rita

A Polícia Militar prendeu um jovem suspeito de atuar no tráfico de drogas, na noite dessa segunda-feira (30), no bairro de Tibiri Fábrica, em Santa Rita. Ele estava em frente…

PT será oposição a Cícero Lucena em João Pessoa, avisa Jackson Macêdo

O Partido dos Trabalhadores na Paraíba será oposição ao governo Cícero Lucena (PP) a partir de 2021. A informação é do presidente da sigla no Estado, Jackson Macêdo. No primeiro…