O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, declarou, nesta quinta-feira (28), ao comentar notícias veiculadas em blogs sobre o apoio da legenda em determinados municípios para as eleições municipais de 2020 – a exemplo de Monteiro, no Cariri paraibano -, que na política de alianças o partido usará o princípio da reciprocidade para nortear as composições no estado.

 

“Como já dissemos em outras ocasiões, a política é uma via de mão dupla. Não há como o PSB sair dando apoio em 2020 a quem não nos apoiou em 2018. O princípio da reciprocidade estabelece o norte para as composições nas eleições do próximo ano”, avisou ele.

 

Conforme Edvaldo Rosas, essa definição do PSB alcança todos os municípios, principalmente nas cidades de maior eleitorado, tidas como mais estratégicas em razão da influência que exercem noutras no seu entorno.

 

Para Rosas, o caso do Município de Monteiro é sintomático, onde a atual prefeita, Anna Lorena, vestiu a camisa da campanha do PSB em agosto de 2018 e contribui com uma vitória maiúscula de João Azevedo. “Em Monteiro tivemos uma vitória maiúscula de João Azevedo, com mais de 64% dos votos válidos, além de termos Veneziano e Luiz Couto como senadores mais votados naquele município, merecendo, portanto, toda a nossa reciprocidade no próximo ano”, concluiu.

 

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Estela quer RC no comando do PSB/PB “Não vejo como alguém pode ser contra”

A deputada socialista Estela Bezerra disse que vai continuar defendendo o seu ponto de vista em relação à saída do secretário Edvaldo Rosas da presidência estadual do PSB na Paraíba.…

SOS Transposição: Gleisi confirma presença e pede união contra Bolsonaro

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, divulgou vídeo nesta segunda-feira (19) convocando à população a se unir contra a política de destruição do governo Bolsonaro e…