Um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), contendo os dados
preliminares das filiações partidárias de pré-candidatos (as), no prazo
legal, demonstra que o PMN – Partido da Mobilização fez a sua lição de casa
e teve um crescimento de 5,37%, com a filiação de 62 pré-candidatos (as),
ficando em quarto lugar numa lista de 32 partidos, atrás apenas do partido
do governador, o PSB, do PT do B, que também integra o projeto do
governador e do PMDB, que registrou 75 novas filiações.

 

De acordo com o TSE, os partidos políticos receberam 1.153 novos filiados,
de 22 de abril a 5 de outubro deste ano, na Paraíba. O levantamento mostra
que o Partido Socialista Brasileiro (PSB) reforçado pela Rede
Sustentabilidade recebeu 226 filiados. Em seguida, vêm o Partido
Trabalhista do Brasil (PT do B), com 109 filiados, o Partido do Movimento
Democrático Brasileiro (PMDB), com 75 e o*Partido da Mobilização Nacional
(PMN), com 62.*

 

Na seqüência estão: Partido Verde (PV), 50. O Partido Progressista (PP)
recebeu, neste período, 43 filiados, o Partido Social Democrático (PSD),
39, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), 35, o Partido
Trabalhista Brasileiro (PTB), 35, o Partido Republicano da Ordem Social
(Pros), 34, e o Partido Popular Socialista (PPS), 32.

Os que receberam menos filiados foram o Partido Democrático Trabalhista
(PDT), 10, o Partido Social Democrata Cristão (PSDC), 8, e o Partido
Comunista Brasileiro (PCB), 3.

O PMN – Partido da Mobilização Nacional utilizou estratégia semelhante
àquela adotada nas eleições municipais de 2012 e filiou um grupo de
pré-candidatos (as) para viabilizar uma chapa forte para deputado estadual,
sem a necessidade de coligação na proporcional, além de nomes para deputado
federal.

De acordo com Lídia Moura, presidenta estadual da legenda, o PMN prioriza
as chapas de deputado estadual e federal, mas poderá ter também candidatura
própria para governador e senador. “A nossa prioridade é eleger deputados
e deputadas. Assim, vamos decidir junto com os nossos candidatos e
candidatas a melhor estratégia para a conquista desse objetivo, mas não
descartamos chapa completa”, disse Lídia.

O PMN informa ainda que, além dos pré-candidatos (as) filiados agora, o
partido pretende também convencer alguns antigos filiados com potencial
eleitoral a se integrarem ao projeto de candidaturas 2014.

Fonte: TSE/Correio da Paraíba

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wilson Filho defende implantação de ‘Minha Casa, Minha Vida’ estadual

Após redução no repasse de recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida por parte do Governo Federal, o deputado estadual Wilson Filho (PTB) defendeu a elaboração de um programa habitacional…

Deputado rechaça declaração sobre morte de Lula, mas defende pena da morte

O deputado estadual Cabo Gilberto (PSL), comentou as declarações à imprensa do deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) onde afirmou, no último sábado, que não vê a hora “do Lula morrer”.…