Por pbagora.com.br

Apesar da nota de apoio dos agentes fiscais ao Secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de João Pessoa, o sistema de emissão de notas fiscais digital segue apresentando problemas também nesta quarta-feira (20).

Um dos parlamentares que está preocupado e insatisfeito com a falta de esclarecimentos plausíveis para o problema é o vereador Lucas de Brito, do DEM, que mais uma vez cobrou da gestão explicações sobre o porquê da mudança da empresa e a consequente pane na emissão após a troca.

Lucas de Brito Pereira disse hoje que espera esclarecimentos e lembrou que a audiência pública para discutir o assunto está marcada para o dia 29 na Câmara Municipal da Capital.

Segundo ele, a gestão municipal tem que explicar a contratação da Politec, que está, supostamente, envolvida em escândalos no Distrito Federal e Goiás, chegando a ser declarada inidônea pelo período de cinco meses.

Ele espera que representantes da Prefeitura compareçam à audiência e deem uma versão oficial sobre o problema, que persiste há mais de 40 dias. Para ele, a desculpa de ataque de vírus não tem sido convincente, já que o problema começou a partir da mudança de empresas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Executiva municipal do PSB minimiza escolha de candidato do grupo após anúncio de live entre RC, Amanda e Gervásio

“Eles vão debater a João Pessoa do presente e do futuro” Após anúncio de transmissão ao vivo com o ex-governador Ricardo Coutinho, o deputado federal Gervásio Maia e Amanda Rodrigues,…

MPPB ajuíza ação por enriquecimento ilícito contra vice-prefeito de Piancó

A Promotoria de Justiça de Piancó ajuizou duas ações civis públicas por ato de improbidade administrativa devido ao acúmulo ilegal de cargos públicos e enriquecimento ilícito. Uma dessas ações tramita…