Prefeitura de João Pessoa terá de pagar dívida de R$ 9 mi ao Estado após determinação do Tribunal de Justiça

A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça manteve a sentença que julgou procedente o pedido do Estado da Paraíba na Ação de Cobrança contra o município de João Pessoa. O TJ entendeu que a edilidade não provou ter quitado a obrigação resultante de termo de compromisso.

Na Ação de Cobrança, o Estado pedia o cumprimento do contrato particular de confissão e composição de dívidas, dentre outros, que se referiam ao refinanciamento de dívidas no âmbito do Programa de Saneamento das Finanças do Setor Público.

O Juízo de 1º grau condenou o Município ao pagamento do débito de R$ 9 milhões, acrescido de juros moratórios, bem como ao pagamento de honorários advocatícios no valor de R$ 10 mil.

No recurso, o Município alegou a prescrição quinquenal da dívida, tendo em vista a origem do débito e a data da propositura da ação. Assegurou que os documentos apresentados pelo Estado da Paraíba não eram provas suficientes, pois foram produzidos unilateralmente, além de que o ônus da prova cabia ao autor.

De acordo com o voto do relator, o Juízo de 1º grau agiu com acerto quando condenou a Prefeitura ao pagamento da dívida no período de cinco anos anteriores à propositura da ação.
 

Lana Caprina

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Cícero Lucena será o coringa do jogo eleitoral mais cobiçado de 2020

Pense num “caba” que meio-mundo e outro tanto de pretensos candidatos à sucessão de Luciano Cartaxo, na Prefeitura de João Pessoa, vão disputar o apoio: Cícero Lucena, o caboclinho de…

Presidente do PT/PB não vê novidade em citação nazista por secretário de Bolsonaro

Repercutindo a maior polêmica do dia, que culminou com a demissão do secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro, Roberto Alvim, o presidente do PT da Paraíba, Jackson Macêdo declarou…