Pré-candidato a prefeito de Patos, Nabor Wanderley (PMDB) admitiu ontem a possibilidade do partido lançar uma chapa puro sangue na cidade. A decisão pode ser reflexo das divergências na Capital. O vice da chapa deve sair na quarta-feira.

Filho de Nabor, o deputado federal Hugo Motta revelou preocupação com as divergências dentro da legenda sobre as alianças com o grupo do governador Ricardo Coutinho em várias cidades do Estado.

Em Patos o PMDB enfrenta até o momento a possibilidade de enfrentar as pré-candidaturas do PT, PSDB, PSB e partidos de extrema esquerda como o PSol.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: PB“recebe” Ferreira Costa, grupo Havan e deve gerar mais de 1,3 mil empregos para fazer a economia girar

A Paraíba vem experimentando bons índices econômicos e equilíbrio fiscal suficiente para implementar obras e serviços nas mais diversas áreas. Essa realidade atual começou a ser gerida na administração do…

Vereador prevê que descaso de Cartaxo deve levar a greve de categorias em JP

O vereador líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, Marcos Henriques (PT), em discurso ontem (18), na tribuna da Casa, previu a de deflagração de uma greve dos…