Por pbagora.com.br

PMDB faz festa em Cajazeiras para receber as filiações de Carlos Rafael e de lideranças

 

O PMDB receberá com festa, neste sábado (14), a filiação do ex-prefeito Carlos Rafael e de várias lideranças políticas que o seguem na região de Cajazeiras. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (12) pelo presidente estadual do partido, José Maranhão que, ao lado do pré-candidato a governador Veneziano Vital do Rêgo; das bancadas federal e estadual; dos prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e suplentes do partido no Sertão, prestigiarão o evento.

– O PMDB está unido e se fortalecendo cada vez mais com as adesões que vem recebendo, a exemplo destas que ocorrerão em Cajazeiras e com a pré-candidatura de Veneziano- disse José Maranhão, enfatizando que o partido não tem divergências “e estamos cada vez mais fortes, para desespero dos nossos opositores”.

Ele explicou que o trabalho que vem desenvolvendo desde o início da sua gestão, foi fundamental para que o PMDB caminhasse unido e permanecesse como o maior partido do Estado. “O importante é fortalecer ainda mais esse trabalho agora com os novos companheiros que estão chegando, a exemplo de Carlos Rafael e demais lideranças da região de Cajazeiras, para colaborar com o projeto de desenvolvimento do nosso Estado”

O momento, segundo Maranhão, é de amplo debate e construção do Plano de Governo. “Estamos trabalhando em áreas estruturantes, como: saúde, segurança, educação, agricultura, desenvolvimento e infraestrutura. Os nossos encontros regionais representam a etapa principal da construção desse projeto sério e exequível, que dará respostas aos problemas estruturais do Estado. O partido tem discutido muito e vai debater mais ainda com representantes da sociedade civil organizada e com a participação de técnicos de diferentes áreas da administração pública.

– Os nossos encontros são importantes para aprofundarmos nossas idéias e unificarmos o discurso. Nosso partido está presente em todas as regiões do Estado, com lideranças expressivas em seus quadros- declarou.

José Maranhão entende que a unidade partidária é o pré-requisito para a vitória ao Governo do Estado em 2014, considerando, por isto, importante a sua preservação tanto em relação ao cenário estadual quanto nacional. “Não podemos nos dividir. Imparcialidade ativa não existe. Precisamos preservar essa unidade. O PMDB precisa estar unido para fazer as transformações que tanto precisamos e, de forma nenhuma, será o partido que vai promover a distensão, a diáspora na base. Nós vamos trabalhar pela manutenção da unidade, como foi sempre da minha conduta, do meu espírito”, enfatizou.

Lembrou, por fim, que o PMDB é um partido forte, que conta com o vice-presidente da República, Michel Temer, e, pela sexta vez, desde a Constituição de 1988, ocupa os comandos da Câmara e do Senado. “Isso só se consegue com unidade e compromisso. Daí a nossa preocupação em estarmos todos unidos e, ainda, dispostos a caminhar juntos para a vitória em 2014, com Veneziano Vital do Rêgo”, finalizou.

 



Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Estados liderados por bolsonaristas encabeçam mortes por covid-19; veja posição da Paraíba

Um estudo feito pela unidade de inteligência do portal Congresso em Foco mostra que os estados que mais votaram em Jair Bolsonaro no primeiro turno das eleições presidenciais de 2018…

Opinião: Lava Jato só serviu para pôr a extrema-direita no Poder e quebrar o Brasil

Para melhor avaliar o estrago que foi a Lava Jato, basta que se observe o que era o Brasil antes e depois de instituída esta Operação. Tanto do ponto de…