Por pbagora.com.br

O deputado Inácio Falcão (PCdoB), pré-candidato à Prefeitura Municipal de Campina Grande, revelou em entrevista ontem (31), que pode não ser mesmo o escolhido pelo governador João Azevêdo (Cidadania), para receber seu apoio e da sua sigla para estas eleições. Porém mesmo não recebendo tal apoio, o mesmo revela que entenderá e permanecerá na base do governo e que caso não chegue ao segundo turno pode sim apoiar a pré-candidata a prefeitura Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos).

“Caso eu não seja o escolhido, entenderei as razões dele”, disse Inácio ao comentar que continuará na base de apoio do governador João Azevêdo (Cidadania), mesmo que não receba, no primeiro turno, apoio do gestor estadual à sua pré-candidatura a prefeito de Campina Grande.

O pré-candidato comunista admitiu a possibilidade de apoiar Ana Cláudia, que vai disputar a prefeitura de Campina Grande pelo Podemos, mas afirmou que isso só acontecerá num eventual segundo turno. Antes da pandemia, ambos defenderam, com entusiasmo, a união das oposições em torno de uma única candidatura.

 

Redação

Notícias relacionadas

Ministro destaca empenho de Efraim Filho e promete investimento no Sertão da PB

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, prometeu investimento em uma rota turística no Sertão da Paraíba e destacou o empenho do deputado federal Efraim Filho na promoção do turismo.…

PL que torna atividade religiosa essencial é aprovado na CMJP e depende de sanção

Em sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (04), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), aprovou um projeto de lei que classifica as igrejas e templos de qualquer culto religioso como…