O deputado estadual pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Inácio Falcão, em entrevista ontem (23), a uma emissora de Campina Grande, lembrou que decisão do seu partido de postular a chapa majoritária em 2020, na cidade, pode tanto ser na condição de ter um nome como a vice-prefeito e não necessariamente a cabeça da chapa.

O parlamentar deixou claro, no entanto, que a decisão de postular uma vaga na majoritária nas eleições municipais do próximo ano já está tomada. “Já é decisão do partido, o partido já decidiu, já bateu o martelo, não só em Campina Grande, mas na maioria das cidades do Brasil que possuem mais de 100 mil habitantes”, garantiu.

Sobre um possível candidatura do hoje senador, Veneziano Vital do Rêgo (PSB), o deputado avalia que o ex-prefeito atende os desejos da população, e é um forte opção. Ele destacou ainda que, para o partido, ter um nome na majoritária, não necessariamente precisa ser “o cabeça” da chapa. “Nós podemos compor vice-prefeito”, disse.

Inácio afirmou ainda que o PCdoB vai lançar 35 candidatos a vereadores, sendo 24 homens e 11 mulheres, e concluiu que o partido está 90% formalizado. Dentre os possíveis nomes para a disputa a vaga majoritária, o deputado citou Rangel Júnior, atual reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e até Marlene Alves, ex-reitora da mesma instituição, que poderiam ocupar uma eventual cabeça de chapa ou até a vice.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Lula “revela” a força de RC, mas esquece provas robustas contra Coutinho

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez uma “revelação” ao portal de notícias UOL, no último final de semana. Disse o líder petista, em tom profético: “O companheiro…

“Vejo muitos complicadores”, diz presidente do TJPB sobre juiz de garantias

Em entrevista a imprensa radiofônica da capital, nesta semana o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, destacou os motivos pelo qual é…