Segundo a denúncia da Procuradoria Geral de Justiça, o prefeito de Bananeiras Douglas Lucena cometeu 72 condutas ilícitas ao não repassar as contribuições previdenciárias dos servidores ao IBPEM (Instituto Bananeirense de Previdência).

A denuncia, assinada pelo 1º Subprocurador geral de justiça da Paraíba, Dr. Alcides Orlando, requer a condenação do sr. Douglas Lucena ao pagamento de indenização milionária referentes aos não repasses dos anos de 2013 até 2018, o que poderá totalizar mais de 7 milhões de reais.

A representação perante o ministério público foi realizada pelos vereadores Heraldo Azevedo e Gilson Rosario, no ano de 2016.

Confira denúncia na íntegra:

denúncia DL_20200306135630

Redação 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy pondera sobre vice: “No momento certo vamos ter novidades”

Com pré-candidatura à prefeitura de João Pessoa consolidada e programa de governo concluído, o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) agora articula com suas bases a escolha do nome que irá…

João Almeida anuncia coordenadores de campanha à PMJP ainda este mês

Pré-candidato do Solidariedade a prefeito de João Pessoa, João Almeida avisou, neste início de semana, que não trabalha com outra hipótese que não seja disputar a majoritária na disputa pela…