Petista defende aliança do Blocão com PMDB em 2014, mas condiciona: “Não antecipemos nenhuma candidatura”

Benilton também declarou que torce para que Vital assuma o Ministério da Integração

Em conversa com a reportagem do portal PB Agora, o vereador Benilton Lucena (PT) se declarou um defensor da aliança do Partido dos Trabalhadores com o PMDB para as eleições de 2014. O parlamentar, no entanto, divergiu do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo em relação ao pré-lançamento de uma candidatura.

“Nosso candidato pode até ser Veneziano, mas defendo que não antecipemos nenhuma candidatura agora. Acho que o PMDB é nosso aliado, mas não é bom impor nenhum nome agora”.

“Imposição não tem reflexão no blocão”, disse.

Ele defendeu que o PMDB sente com os líderes do blocão e faça alguma concessões para facilitar o diálogo.

“É claro que o PMDB soma. É um grande partido. É importante que sente conosco para cheguemos a um entendimento. Da parte do PT não há nenhuma resistência direta. Mas eles não precisam impor candidatura agora”.

Ele ainda alertou os riscos que os pré-candidatos que se anteciparem agora possam correr.

“Nomes que se antecipam são queimados com maior facilidade”.

Benilton também opinou a respeito dos possíveis nomes que também poderão ser lançados pelo bloco PT-PP-PSC em 2014.

“Começando pelo menor, Benilton pode ser candidato. O prefeito Luciano Cartaxo também pode, embora ele não pretenda. O ministro Aguinaldo Ribeiro, o deputado Anísio Maia, Leonardo Gadelha. Nome é o que não falta”, disse.

O petista também declarou que torce para que Vitalzinho assuma o Ministério da Integração em Brasília.

“O PT da Paraíba torce por isso. Ganhar mais um ministro no Governo Federal é bom para toda a Paraíba”, garantiu. 

 

Ytalo Kubitschek

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Áudio revela articulação de Bolsonaro para tirar líder do PSL

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi gravado nesta quarta-feira à tarde pedindo o apoio de deputados da legenda para destituir o líder do partido na Câmara, Delegado Waldir, que acabou…

Julian não assinou lista que alçava filho de Bolsonaro à liderança do PSL

Os áudios polêmicos do deputado federal Julian Lemos e de Jair Bolsonaro, amplamente divulgados na imprensa, além da informação de que o presidente teria uam ‘lista negra’ de traidores e…