O presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macedo, criticou, durante entrevista nesta quinta-feira (27), o procedimento do Ministério Público Eleitoral da Paraíba para investigar a distribuição de 'santinhos' com o nome de Lua e aproveitou para mirar na categoria dos profissionais que chegam ao poder através de concurso público, a exemplo dos promotores.

Segundo ele, 'a turminha da decoreba', que são financiados pelos pais para estudar para as provas, se acham os donos do Brasil.

“São uns rapazinhos que terminam Direito financiado pelo pai e pela mãe, passam o dia trancados para estudar, decorando os Códigos, decorando as leis, passam em um concurso e se acham os donos do Brasil. Se acham representantes do povo sem ter um voto sequer”, criticou, referindo-se aos procuradores jovens e o procurador Vitor Veggi que expediu uma portaria publicada no Diário Oficial do MPF para apurar notícias encaminhadas de propagandas (“santinho” e adesivos), supostamente irregulares, por constarem o nome do ex-presidente Lula (PT) com o potencial de confundir o eleitor, é um servidor bem jovem.

Vale salientar que o ex-presidente Lula está preso em Curitiba, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, e impedido de participar do processo das eleições, sendo substituído pelo candidato Fernando Haddad.

Para Macêdo, ao invés de fiscalizar esse tipo de coisa,  a justiça deveria fiscalizar a compra de votos no interior do Estado.

“É um absurdo isso. Às vezes o Ministério Público extrapola e contra o PT extrapola e muito”, avaliou.

 

 

PB Agora

     


    Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

     

    Deixe seu Comentário
    Notícias relacionadas

    Moro desembarca na PB para manifestar apoio ao trabalho do Gaeco

    O ministro da Justiça, Sérgio Moro, desembarcou em solo paraibano na manhã desta segunda-feira (17). O auxiliar do Governo Bolsonaro chegou no Avião da Força Aérea Brasileira, no Aeroporto Castro…

    Daniella Bandeira acredita que Cartaxo convencerá Manoel Jr a desistir da pré-candidatura à PMJP

    A secretária de Planejamento na Prefeitura de João Pessoa, Daniella Bandeira, que se filiou recentemente ao Partido Verde, encabeçado na Paraíba pelo prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo, em contato…