A Paraíba o tempo todo  |

Petista chama declarações de vice de Serra de “molecagem”

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), classificou a atitude do vice de José Serra, Indio da Costa (DEM-RJ), de "molecagem" e disse que o tucano "deverá puxar a orelha dele".

Reportagem publicada neste domingo pela Folha mostra que Indio acusou o PT, da candidata Dilma Rousseff, de ligação com o tráfico e os guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) em entrevista a um portal do PSDB na internet.

"Isso é molecagem, uma irresponsabilidade. Acho que o Serra deverá puxar a orelha dele", afirmou Vaccarezza.

As declarações do vice de Serra foram transmitidas ao vivo na noite de sexta-feira, enquanto Dilma participava de comício no Rio.

Indio também atacou a adversária ao Planalto. "Quem nos garante que no dia seguinte à eleição ela não vai fazer o que no Brasil é comum entre criatura e criador? Dá um chute no Lula e vai governar sozinha, com as garras do PT por trás dela."

Além de Vaccarezza, outros petistas aumentaram o coro contra o vice de Serra em seus perfis no Twitter. "Esse é o vice qualificado deles", alfinetou André Vargas, secretário de comunicação do PT.

"Ele [Indio] tá fazendo um esforço danado para imitar a Sarah Palin, vice do Mc Cain", disse o deputado federal Ricardo Berzoini, em referência à companheira de chapa do candidato republicano à Presidência dos EUA, em 2008, John Mc Cain. Ela ficou conhecida por cometer deslizes em entrevistas.
 

 

Folha

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe