A Paraíba o tempo todo  |

Persona non grata para Bolsonaro, Julian patina entre Eduardo Leite, Datena e Moro para 3ª via em 2022

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Tido como ‘persona non grata’ para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) – que é candidato à reeleição à presidência da República em 2022 – o deputado federal e presidente do PSL da Paraíba, Julian Lemos, afirmou que é defensor da tese de uma terceira via para as eleições presidenciais do ano seguinte. O parlamentar, que foi eleito com a bandeira bolsonarista em 2018, neste final de semana esteve reunido com o pré-candidato a presidente do PSDB Eduardo Leite, que desembarcou no estado para cumprir agendas.

Ele citou o tucano, o apresentador Datena e até o ex-juiz Sérgio Moro como opções para encabeçar uma terceira via na disputa que se avizinha. As três opções fogem da polarização existente entre Lula e Bolsonaro e ofertam ao eleitorado novas opções.

“Eduardo Leite, Datena, Moro. Eu sou entusiasta da terceira via. A terceira via, para mim, é aquilo que se afasta do abismo. As polarizações são naturais. Agora, as polarizações de radicalismo, isso é uma loucura”, afirmou.

Julian Lemos lembrou que não fechou compromisso com ninguém, mas está disposto a sentar e ouvir com demais lideranças e defende que esse comportamento seja estimulado por trazer “leveza” em um período que, de acordo com ele, tem “tanta coisa pesada” no país.

“Acima de tudo, sou um cidadão que representa um partido que me dá liberdade de ouvir e conversar com qualquer pessoa. E eu acho que isso deve ser estimulado. As pessoas devem sentar, conversar e o futuro a Deus pertence. Eu não tenho qualquer compromisso fechado. Fui convidado pelo colega Pedro Cunha Lima [para a agenda com Eduardo Leite] e eu acho que é isso, enriquece demais a democracia. A gente tem que procurar ser mais leve, já chega de tanta coisa pesada”, disse em entrevista ao ‘Arapuan Verdade’, nesta segunda-feira (16).

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe