Depois que o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), garantiu que o blocão formado pelo PP/PT/PSC na Paraíba vai lançar uma candidatura própria ao Governo do Estado em 2014, os desdobramentos agora se voltam para quem serão os escolhidos para ocupar as duas outras vagas da chapa majoritária – a vice governadoria e a senatória.

Além dos integrantes do blocão, outras duas fortes legendas devem entrar no páreo pelo espaço, são elas: o PEN dirigido pelo deputado Ricardo Marcelo e PTB comandado pelo ex-senador Wilson Santiago.

Os dois partidos já acenaram a bandeira branca para o blocão e não descartam a composição com o grupo, porém, sob a condição de emplacar espaços na chapa majoritária. Diante da nova conjuntura, tanto o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), quanto o presidente do PTB, Wilson Santiago não escondem a preferência pela vaga ao Senado Federal e o choque de interesses pode ser iminente.

Na balança, pesará o poder de articulação política, as bases eleitorais e o currículo. Nesses três quesitos o ex-senador Wilson Santiago corre por fora. O petebista já exerceu mandatos na Assembleia Legislativa da Paraíba, na Câmara Federal e até mesmo no Senado, sem esquecer que conta com um pequeno exército de prefeitos que segue seu grupo político no interior do Estado e que respaldam seu nome na disputa para o Senado em 2014.

Já Luciano Agra exerceu apenas o mandato de vice-prefeito de João Pessoa e logo após o de prefeito da Capital devido à renúncia do hoje governador Ricardo Coutinho (PSB). Sem nunca ter passado pelo teste das urnas, Agra, no entanto, se tornou uma espécie de celebridade da política após romper com o PSB e apoiar a candidatura do PT na Capital, logrando êxito ao segundo turno das eleições. Em 2013, cobiçado por várias frentes, o ex-gestor se filiou ao PEN e emplacou o comando da legenda na Capital, recrutando filiados em todos os bairros da cidade.

Restará ao blocão decidir quem sairá vencedor nessa disputa: Agra, tido como o fator surpresa das urnas ou a probabilidade de vitória, Wilson Santiago, já testado pelo eleitor.

 

Márcia Dias

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ministro da Educação chama mãe de seguidora de “égua desdentada”

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, respondeu a uma usuária do Twitter chamando a mãe dela de “égua sarnenta e desdentada”. O comentário foi uma resposta a críticas que Weintraub…

“Todos têm o direito de apresentar nomes” diz Ruy sobre 2020

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) declarou, durante contato com a imprensa nesta segunda-feira (18) que continua na busca do diálogo entre os aliados visando as eleições de 2020. Segundo…