Plano B: PEN abre portas para Marina Silva se Rede furar e dirigente na PB já a crava como presidenciável da sigla

O deputado estadual Ricardo Marcelo, presidente do PEN na Paraíba, “cravou” em entrevista nesta quinta-feira (03) o nome da presidenciável e ex-ministra Marina Silva como a liderança que pode desembarcar na legenda nos próximos dias, caso o partido REDE Sustentável, criado por ela, não seja aprovado hoje pelo TSE.

O parlamentar informou que esteve em Brasília e conversou com a equipe de assessoria da ex-ministra e avisou que o PEN tem as condições necessárias para atender as prováveis exigências de Marina Silva:

“ Nós estamos aguardando. Fomos a Brasília semana passada e tivemos um encontro com a cúpula da assessoria de Marina. Ficou definido que, caso o partido REDE seja indeferido, ela sentará com o partido e fazer a opção dela e ao mesmo tempo fazer algumas exigências. Nós estamos prontos para atende-la”, disse.

O parlamentar fez questão de exaltar o nome da ex-ministra do governo Lula, e disse ainda que Marina pode sim, ser a nova presidente do Brasil:
“Marina hoje tem boa porcentagem do eleitorado do Brasil. Isso é muito representativo. É um nome que pode surgir, que pode crescer, e pode chegar a presidência da república”, finalizou.

 

Anderson Cardoso com informações de Henrique Lima

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…