Por pbagora.com.br

 O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) formalizou nesta sexta-feira (23), o
apoio ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), em
outubro deste ano. O encontro do PCdoB paraibano aconteceu no auditório da
sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PB), localizada no centro de
João Pessoa. O partido reuniu dezenas de militantes e trouxe ao evento a
deputada federal pelo estado de Minas Gerais, Jô Morais, que é paraibana
natural de Cabedelo.

 

 

Ricardo Coutinho agradeceu aos dirigentes e militantes do PCdoB pela
renovação da aliança que acontece desde 2004 e que culminou com sua eleição
a prefeito de João Pessoa.

 

 

“É um apoio importantíssimo não apenas de um partido mas um apoio de uma
ideia, de uma forma de fazer política dentro do Estado que o PCdoB conhece
tanto quanto eu, das dificuldades históricas, da nossa formação cultural e
política e que mais do que nunca se junta para fazer com que a Paraíba
avance. Nós estamos num caminho difícil, mas um caminho que vem surtindo
seus efeitos, porque o dinheiro da população vem sendo bem aplicado”,
destacou Ricardo Coutinho acrescentando que a democracia participativa está
começando a se estabelecer como a primeira experiência democrática popular
aqui no Estado.

 

 

Ricardo Coutinho destacou ainda que o PCdoB já faz parte de seu governo e
recebe com muita alegria o anúncio feito hoje pelo partido em apoio de seu
projeto. “As forças populares não poderiam jamais se manter desunidas. Esse
é o momento da união das forças progressistas, é o momento de dizer que a
Paraíba não vai ter retrocesso. Nós estamos no caminho correto e a verdade
é que a Paraíba não aceita mais o atraso e o clientelismo”.

 

 

O vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), lembrou que sempre teve parceria
com o PCdoB e revelou que seu nome também está à disposição na condição de
pré-candidato a senador, para se somar à bancada do PCdoB no Congresso
Nacional.

 

 

A deputada federal Jô Morais representou o presidente nacional do PCdoB,
Renato Rabelo, e declarou que em nível de Brasil será mantido o apoio à
reeleição da presidente Dilma Rousseff e em nível de Paraíba o partido
marchará rumo à vitória de Ricardo Coutinho. “Estou aqui na Paraíba para
dizer que o PCdoB entende como prioritária para o estado a continuidade
desta visão da Paraíba do desenvolvimento”.

 

 

O presidente estadual do PCdoB, Simão Almeida, afirmou que o encontro teve
o objetivo de fazer o anúncio público do apoio à reeleição do governador
Ricardo Coutinho (PSB) e a nível nacional à reeleição da presidenta Dilma
Rousseff (PT), “para continuar com as mudanças no Brasil e sobretudo na
Paraíba. Esse é um ato histórico. É mais um ato daqueles que nós camaradas
comunistas temos a alegria de realizar no estado da Paraíba”.

 

 

O PCdoB na Paraíba tem diretórios hoje em 104 municípios, com 33 vereadores
e cinco vice-prefeitos. Em nível nacional o partido tem 15 deputados
federais, dois senadores, no governo federal o ministro dos Esportes, Aldo
Rebelo e a vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão.

 

 

A deputada federal do PCdoB de Minas Gerais, Jô Morais, destacou que o
partido tem compartilhado com Ricardo Coutinho em três gestões e tem
crescido no Estado. Sua presença representando a direção nacional foi para
reafirmar a opção pelas reeleições do governador Ricardo e da presidenta
Dilma.

 

 

Além do presidente do PSB Estadual, Edivaldo Rosas e do PSB Municipal,
Ronaldo Barbosa, vários militantes do Partido Socialista Brasileiro também
prestigiaram a reunião com o PCdoB.

Redação com Ascom

Notícias relacionadas

SUSTENTABILIDADE E GARANTIAS SOCIAIS: gestão Cícero inicia preparação de JP para o futuro

O prefeito Cícero Lucena completa 100 dias de gestão neste sábado (10) num processo de reconstituição da cidade de João Pessoa, que enfrenta, assim como todo o mundo, os efeitos…

Opinião: mesmo com negacionismo de Bolsonaro, JP e a PB dão exemplo contra a covid

O poeta russo Vladimirovitch Maiakovski certa vez escreveu: “Não estamos alegres, é certo, mas também por que razão haveríamos de ficar tristes? O mar da história é agitado. As ameaças…