O governador João Azevêdo assinou, ontem (27), o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos agentes penitenciários da Paraíba, que beneficiará mais de 1800 profissionais. O PCCR deve começar sua tramitação já nessa terça-feira (28) na Assembleia Legislativa, quem afirma é o presidente da ALPB o deputado Adriano Galdino.

 

A solenidade aconteceu às 10h no Teatro Paulo Pontes, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa. De acordo com o governador, o envio do projeto representa um compromisso firmado com a categoria durante a campanha eleitoral e que não tem dúvidas de que será aprovado rapidamente. “Eu me sinto com o coração leve, tenho a satisfação pessoal de estar aqui e vejo isso como uma obrigação da minha parte e que tenho a oportunidade de poder cumprir. Esse é um passo de reconhecimento e fortalecimento da categoria, pois estamos oferecendo condições adequadas de trabalho e é o que temos feito com toda a Segurança da Paraíba”, frisou

 

Adriano Galdino, aproveitou o momento para anunciar que o PCCR dos agentes penitenciários será analisado a partir de hoje pelo Poder Legislativo. “Essa ação é fruto da eficiência do Governo e mostra que essa medida teve justiça administrativa e social. A categoria é merecedora e respeitada por toda a sociedade paraibana porque desempenha um trabalho árduo edelicado”, disse.

 

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lula pede que STF compartilhe as conversas da Vaza Jato

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou nesta terça-feira (13) um habeas corpus para que o ministro do STF Alexandre de Moraes divulgue as conversas em…

Veneziano garante trabalhar por fim de impasse no PSB-PB: “Precisamos estar unidos”

O conflito interno vivido pelo PSB-PB tem dividido opiniões de integrantes da sigla. Há quem defenda a permanência de Edvaldo Rosas da presidência estadual da legenda, mas há também aqueles…