Parlamentar recém-chegado à ALPB comenta sobre ‘racha’ no PPS e afirma que lutará por união no partido

 O deputado estadual Monaci Marques (PPS), que assumiu o mandato nesta quinta-feira (10), no lugar de Eva Gouveia, que tirou licença de 120 dias, disse em entrevista que tentará resolver as dificuldades do partido com relação a disputa interna dos grupos da deputada Gilma Germano e do vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira.

 

O parlamentar, que é um dos dirigentes do diretório estadual da legenda, afirmou que sempre primou pela boa convivência dentro da política:

“Olhe, eu apresentei desde que me filiei ao PPS, vinte e oito entre comissões e diretórios municipais no estado da Paraíba, onde tenho a minha sogra como prefeita de Mãe D’água entre outros vereadores, presidentes de câmaras e vice-prefeitos. Sempre tive uma boa convivência”, disse.

 

Para Monaci, é natural que as divergências ocorram dentro de um processo politico, desde que no final das contas, haja um consenso para o bem do partido:

“ É preciso que nós tenhamos no nosso espirito público enquanto politico a fé em Deus para que possamos conduzir as possíveis divergências que teremos no partido. É natural que tenhamos essas divergências, mas no final delas, se chega a um consenso”, finalizou.

 

Anderson Cardoso

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian trata como ‘realista’ crítica a Bolsonaro após presidente voltar a incitar ato com o Congresso e o Judiciário

Após criticar o ato convocado pelo presidente Jair Bolsonaro, previsto para o dia 15 de março, onde o presidente defende o fechamento do Congresso, o deputado estadual paraibano Julian Lemos…

Análise: após o Carnaval, a Paraíba será cenário de guerra política

A conclusão é óbvia. Após o período de Carnaval o clima de certa “afabilidade” entre deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e o próprio governador João Azevêdo (Cidadania) será modificado drasticamente,…