Parlamentar condena antecipação do recesso e insinua manobra na Lei Orçamentaria Anual na CMJP

O vereador Renato Martins (PSB), criticou o posicionamento dos vereadores da bancada da situação na Câmara Municipal de João Pessoa, com relação a votação da Lei Orçamentaria Anual além da antecipação do recesso dos parlamentares, que pelo regimento da Casa só poderá acontecer após o dia 20 de Dezembro.

Em entrevista concedida nesta quinta-feira (07), o vereador afirmou que sente que a oposição está sendo desrespeitada já que foi definido que o relator da LOA seria um oposicionista, mas no fim das contas , o vereador Raoni Mendes (PDT), da base de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo (PT) acabou também ser o relator do projeto

Para o socialista, a bancada de situação está trabalhando somente em prol do prefeito, como se fosse uma ‘secretaria da prefeitura’:

“ É um desrespeito a democracia. Quando o parlamento foi construído, ele foi pensado justamente para defender as minorias. Me preocupa muito esse comportamento da base de situação porque denota uma subserviência ao poder executivo que não é sadia para a cidade. Infelizmente a bancada de situação, me parece que está agindo como se fosse uma secretaria a parte do prefeito municipal”, disse.

O parlamentar afirmou também que não concorda com antecipação do recesso dos vereadores. Segundo Renato Martins, as votações acabam prejudicadas pois não há condições de se aprofundarem nos debates, e além disso, o vereador reclama que muitos dos temas  que tem sido debatidos “as escuras” dentro da Casa de Napoleão Laureano:

“Quanto menos debate, mais obscuras ficam as coisas. Nós tivemos um contrato emergencial na coleta de lixo que aumentou em 22% o preço do lixo, e nenhum jornalista sabe como foi feito esse contrato emergencial. “ É impensável o que está sendo proposto pela bancada de situação e a gente só fica assustado", finalizou.

 

Anderson Cardoso 

PB Agora

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC denuncia que Bolsonaro parou bombeamento da Transposição

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (23) à emissora de rádio no Cariri paraibano, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) denunciou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) parou o bombeamento…

Trabalho infantil atinge 60 mil jovens na Paraíba, aponta pesquisa

  O problema do trabalho infantil na Paraíba atinge atualmente, 60 mil crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos que realizam algum tipo de trabalho. O número…