Pesquisas Ibope e Datafolha de intenção de voto, divulgadas entre a última quinta-feira (4) e a noite deste sábado (6), mostram que a corrida eleitoral pode se encerrar já no primeiro turno em 16 estados brasileiros.

São eles: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco e Piauí, no Nordeste; Acre, Pará, Roraima e Tocantins, no Norte; Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, no Centro-Oeste; Espírito Santo, no Sudeste; e Paraná, no Sul.

A se confirmar a projeção na eleição deste domingo (7), o número de governadores eleitos no primeiro turno vai superar o da eleição de 2014, quando a disputa se resolveu em primeira votação em 13 estados. Mas ficará atrás do pleito de 2010, quando 18 governadores se elegeram no primeiro certame.

O candidato com a maior intenção de votos, descontados os votos nulos e brancos, considerando apenas os votos válidos (em algum candidato), é o atual governador cearense, Camilo Santana (PT), com 86%, segundo o Ibope.

Na Paraíba, em Pernambuco, em Roraima e em Mato Grosso do Sul, os percentuais de intenção de votos dos favoritos figuram dentro da margem de erro de três pontos para mais ou para menos.

Nordeste

Em Alagoas, o favorito é Renan Filho (MDB), que deve ser reeleito com 83% dos votos válidos, segundo o Ibope. O segundo colocado é Pinto de Luna (PROS), com 8%. O resultado deve confirmar a hegemonia da família Calheiros no estado. Renan é filho do senador Renan Calheiros.

Na Bahia, Rui Costa (PT) também deverá ganhar um novo mandato como governador já neste domingo. De acordo com o Ibope, Costa soma 77% dos votos válidos, contra 17% de Zé Ronaldo (DEM). Costa deve confirmar mais quatro anos do PT à frente do Executivo estadual –o partido lidera o estado desde 2007, com a eleição de Jaques Wagner.

No Ceará, também um governador petista deverá ganhar mais quatro anos no comando do Executivo: Camilo, candidato à reeleição, chega a 86% dos votos válidos, contra 9% do General Theophilo (PSDB), segundo o Ibope.

No Maranhão, a reeleição de um governador também deve ocorrer: Flávio Dino (PCdoB) soma 59% das intenções de votos, contra 30% de Roseana Sarney (MDB).

Na Paraíba, João Azevêdo (PSB) tem 49% dos votos válidos e Zé Maranhão (MDB), 31%. Como a margem de erro da pesquisa do Ibope é de três pontos para mais ou menos, Azevêdo pode oscilar até 52%, o que lhe daria a vitória em primeiro turno.

Em Pernambuco, o governador Paulo Câmara (PSB) aparece, na pesquisa do Ibope, com 51% dos votos válidos, e Armando Monteiro (PTB), com 37%. No Datafolha, Câmara chegou a 52% e Monteiro, a 35%. A margem de erro da sondagem, tanto no Ibope quanto no Datafolha, é de 2 pontos percentuais para mais ou menos. Assim, é possível que Câmara tenha até 53%, confirmando vitória.

No Piauí, o governador Wellington Dias (PT) pode ser reeleito já neste domingo. Ele soma 53% dos votos válidos, segundo o Ibope. A segunda colocação é do Dr. Pessoa (Solidariedade), com 22%.

Norte

No Acre, Gladson Cameli (PP) chega a 54% dos votos válidos, segundo o Ibope. O segundo colocado é Marcus Alexandre (PT), com 35%. A vitória de Cameli, caso confirmada neste domingo, interromperá o comando do PT sobre o estado, que vem desde 1999.

No Pará, Helder Barbalho (MDB) tem 54% dos votos válidos e poderá se reeleger em primeiro turno, diz o Ibope. O segundo colocado é Márcio (DEM), que soma 25%. A provável eleição de Helder marca a volta da família Barbalho ao comando do Executivo local. Ele é filho de Jader Barbalho, duas vezes governador do estado nos anos de 1980 e 1990.

Em Roraima, o tucano Anchieta Júnior está com 47% dos votos válidos, mas, como a margem de erro é de três pontos para mais ou para menos, pode chegar a 50%, o que lhe daria vitória já neste domingo. O segundo colocado é Antônio Denarium (PSL), com 35%. Caso confirmada a vitória, será a volta de Anchieta ao governo. Ele foi eleito vice-governador em 2006 e assumiu o governo de Roraima com a morte do titular, sendo reeleito governador em 2010.

Em Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), que ocupa o cargo de governador ao ser eleito para um mandato-tampão em junho deste ano após a cassação do titular, alcança 57% dos votos válidos, seguido por Amastha (PSB), com 34%, segundo o Ibope.

Centro-Oeste

Em Goiás, o senador Ronaldo Caiado (DEM) pode ser eleito governador neste domingo com 56% dos votos válidos, diz o Ibope. Com 17%, o segundo colocado é Daniel Vilela (MDB).

O Mato Grosso também poderá conhecer seu novo governador neste domingo. Mauro Mendes (DEM) soma 53% dos votos válidos, segundo o Ibope. Wellington Fagundes (PR), o segundo, chega a 23%.

No Mato Grosso do Sul, o candidato à reeleição Reinaldo Azambuja (PSDB)soma 50% dos votos válidos, de acordo com o Ibope, seguido por Juiz Odilon (PDT), que tem 35%. A margem de erro é de três pontos para cima ou para baixo e, portanto, Azambuja pode alcançar 53%, o que lhe daria vitória já no primeiro turno.

Sudeste

Na região Sudeste, o único estado em que poderá haver um vencedor já neste domingo é o Espírito Santo. Renato Casagrande (PSB) soma 63% dos votos válidos, enquanto o segundo, Carlos Manato (PSL), tem 14%. Se confirmada a projeção, será o retorno de Casagrande ao governo capixaba. Ele foi governador entre 2011 e 2014.

Sul

Na região Sul, a disputa pelo governo estadual também só pode se resolver neste domingo no Paraná. Ratinho Júnior (PSD) tem 57% dos votos válidos, diz o Ibope. A segunda posição é de Cida  Borghetti (PP), com 18%.

 

Uol

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Tudo vai depender da situação de cada município”, diz Wilson Santiago sobre efeitos das mudanças eleitorais para 2020

Indicado pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, como o coordenador  no Nordeste  responsável pelas eleições municipais de 2020, o deputado federal paraibano e presidente estadual do PTB Wilson Santiago,…

Em evento com policiais em SP, Jair Bolsonaro é exaltado e Doria, vaiado

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que estão com as relações estremecidas, dividiram nesta sexta-feira, 11, o mesmo palco durante cerimônia de formatura…