Por pbagora.com.br

Um paciente psiquiátrico morreu após se jogar de carro em movimento. O fato aconteceu no fim da tarde desta quinta-feira (13) , na Avenida Pedro II, em João Pessoa.

 

O rapaz era paciente do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira e havia fugido da unidade. Durante o resgate e retorno ao local, ele se jogou do veículo.

A informação foi confirmada, em nota, pela Secretaria de Estado da Saúde. Elifran Ferreira Lira tinha 36 anos e era morador do Sertão da Paraíba. Ele estava internado no Juliano Moreira há cerca de quinze dias.

 

Por volta das 22h, o corpo de Elifran foi levado do Complexo Psiquiátrico para o Instituto de Polícia Científica (IPC). O delegado de plantão da Polícia Civil, Luiz Gonzaga, ouviu os parentes da vítima na Central de Polícia.

 

A perícia, não entanto, não foi até o local. De acordo com o delegado, ele acionou, mas a perita disse não iria porque já haviam retirado o corpo do local. Segundo ele, a atitude correta, no momento do acidente, seria ter acionado o Samu e conduzido ao Hospital de Emergência e Trauma. As investigações continuam para saber de quem é a responsabilidade da morte de Elifran.

A Secretaria de Saúde ainda informou que todas as providências estão sendo tomadas para apurar as responsabilidades e esclarecer o ocorrido.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TSE afirma que são falsas as acusações de votos duplicados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rebateu nesta quarta-feira (26) postagens nas redes sociais que afirmam que candidatos pelo país tiveram votos duplicados ou alterados pela Justiça Eleitoral. De acordo com…

Opinião: a pergunta suicida de Nilvan a Cícero. Quem terá sido o autor da infeliz ideia?

A coisa soou tão absurdamente negativa para Nilvan que não seria demais perguntar se foi ingenuidade ou má fé. Ingenuidade se partiu do candidato; má fé se o orientaram a…